OPAS lança a publicação "Estudo de Caso Recife respira melhor: implantação de ambientes livres de fumo”

Imprimir E-mail

A OPAS-Brasil lançou em Recife a publicação "Estudo de Caso Recife respira melhor: implantação de ambientes livres de fumo”. O Estudo relata o processo de elaboração e definição da política local que criou os ambientes públicos e de uso coletivo livres de tabaco.

A publicação faz parte de uma série que busca relatar experiências locais exitosas, que resultaram em avanços importantes na diminuição da exposição de não fumantes à fumaça de produtos de tabaco em ambiente fechados como bares, restaurantes e ambientes de trabalho. As publicações desta série serão disponibilizadas aos governantes e legisladores e poderão servir de referência para a reformulação da atual legislação nacional sobre o tema, resultando na elaboração de uma norma legal mais próxima do que está preconizado pela Convenção-Quadro de Controle de Tabaco.

A publicação faz parte de uma série que busca relatar experiências locais exitosas, que resultaram em avanços importantes na diminuição da exposição de não fumantes à fumaça de produtos de tabaco em ambiente fechados como bares, restaurantes e ambientes de trabalho. As publicações desta série serão disponibilizadas aos governantes e legisladores e poderão servir de referência para a reformulação da atual legislação nacional sobre o tema, resultando na elaboração de uma norma legal mais próxima do que está preconizado pela Convenção-Quadro de Controle de Tabaco.

O estudo entregue por Glauco Oliveira, consultor para controle de tabaco da Unidade de Doenças Transmissíveis e Não Transmissíveis da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/BRASIL), ao  Secretário Municipal de Saúde de Recife, Gustavo Couto,  durante o Seminário Internacional Recife Respira Melhor, organizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Recife e Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco. O evento, que fez parte da programação do Dia de Combate ao Fumo teve a presença da coordenadora do Programa Nacional de Controle do Tabagismo do Instituto Nacional do Câncer (INCA/MS), Valéria Cunha, da Secretária Geral da CONICQ, Tânia Cavalcante, da diretora de Relações Institucionais da Aliança de Controle do Tabagismo no Brasil – ACTBr, Daniela Guedes, da consultora da OPAS, Áurea Pitta, do Coordenador do Núcleo de Saúde Coletiva da Universidade de Pernambuco, Luiz Oscar Cardoso Ferreira e de Maristela Menezes, que coordenou o Programa Municipal de Controle de Tabagismo na Secretaria Municipal de Saúde de Recife durante a implantação dos ambientes livres de fumo no município.

Durante o evento, a assessora para controle de tabaco da OPAS em Washington, Roberta Caixeta, proferiu uma palestra sobre a prevalência do tabagismo nos países da América.

Também estiveram presentes técnicos, servidores e gestores de municípios que compõem a Região Metropolitana de Recife, representantes de Regionais de Saúde da Secretaria de Saúde de Pernambuco e acadêmicos da Universidade de Pernambuco.