OPAS/OMS no Brasil publica tradução do manual da OMS para prevenção de lesões causada pelo trânsito


O Manual, elaborado a partir de uma colaboração da OMS com Instituto Indiano de Tecnologia de Nova Déli, estará disponível em português, a partir de julho de 2012, no âmbito das ações do Projeto “Vida no Trânsito”, para criar capacidades locais para prevenir as lesões no trânsito.  


 

A capacitação de pessoas um importante componente para auxiliar nos esforços voltados à prevenção do grave problema de saúde pública representado pelas  lesões causadas pelo trânsito. Tomadores de decisões, pesquisadores e profissionais necessitam de informações sobre medidas efetivas de prevenção e sobre como desenvolver, implementar e avaliar essas intervenções. É necessário treinar mais especialistas na prevenção dessas lesões, de modo a tratar esse crescente problema em nível internacional e nacional.

O Relatório mundial sobre prevenção de lesões causadas pelo trânsito, lançado em 2004, identificou o desenvolvimento de capacidades como uma recomendação-chave. Nesse sentido, foi solicitado que a Organização Mundial da Saúde, em colaboração com o Programa de Pesquisa em Transporte e Prevenção de Lesões do Instituto Indiano de Tecnologia de Nova Déli, desenvolvesse este manual para fornecer orientação a profissionais que trabalham com prevenção de lesões causadas pelo trânsito. 

Este manual fornece ao usuário informações necessárias sobre a magnitude e impacto do problema das lesões causadas pelo trânsito; os principais fatores de risco; a necessidade de uma abordagem científica para prevenir essas lesões e como fortalecer a base de evidências para a prevenção; como implementar intervenções que gerem bons resultados; como prover a atenção após as colisões; a necessidade da colaboração multissetorial; e como formular e implementar políticas de segurança no trânsito.

O manual é composto por sete unidades complementares, cada qual independente, podendo ser utilizada separadamente, e uma estrutura que permite que os facilitadores ou instrutores tenham flexibilidade para adequar o conteúdo às necessidades dos treinandos. As unidades oferecem informações que lhes possibilitam responder estas principais perguntas:

  • Quais são os métodos e abordagens apropriadas para prevenir lesões causadas pelo trânsito?
  • Quais políticas e estratégias demonstraram ser exitosas?
  • Quais estratégias devem ser implantadas para se atingir o máximo de benefícios?
  • O que os profissionais de segurança no trânsito podem fazer para iniciar e dar sustentabilidade a programas factíveis para melhorar a segurança no trânsito?

O manual fornece informações específicas sobre a magnitude e o impacto das lesões causadas pelo trânsito; os fatores de risco nas lesões causadas pelo trânsito; a importância da evidência como base para a prevenção; como implementar intervenções específicas para prevenir lesões causadas pelo trânsito; a atenção após as colisões; a colaboração multissetorial e como formular e implementar políticas de segurança no trânsito.

Espera-se que este manual, elaborado para um público multidisciplinar que inclui médicos, enfermeiros, engenheiros de transporte e de rodovias, profissionais de segurança veicular, policiais, elaboradores de políticas locais, urbanistas e cientistas sociais, contribua para o fortalecimento da capacidade de implementar medidas para prevenção das lesões causadas pelo trânsito em diferentes contextos ao redor do mundo. Os alunos de hoje serão os especialistas em segurança no trânsito de amanhã.