Entidades internacionais visitam projetos de saúde - Guarulhos

Active ImageCooperação técnica OPAS/OMS – Centro Colaborador Kobe/Japão. Representantes de organismos internacionais estiveram em Guarulhos-São Paulo.

O roteiro incluiu visitas aos projetos Saúde Urbana (Urban Heart) e Rostos, Vozes e Lugares (Faces, Voices and Places) que foram implantados na cidade no fim de 2008, por meio de cooperação técnica com a Organização Mundial da Saúde (OMS), Centro Colaborador de Kobe/Japão e com a Organização Pan- Americana de Saúde (Opas).

Depois de visitar unidades de saúde do distrito Cabuçu, pela manhã, a comitiva se reuniu à tarde no Teatro Padre Bento, onde foram apresentadas as primeiras ações de implantação dos projetos, intervenções essas definidas como prioritárias pela população, durante diagnóstico dos indicadores sociais e de saúde, realizados no fim do ano passado. Dentre as intervenções intersetoriais que já começaram a ser implantadas, está a criação de duas oficinas de geração de renda, sendo uma na região do Lavras, articulada pelas secretarias municipais de Saúde, Trabalho e Educação, e outra no Cabuçu, envolvendo também a Secretaria de Meio Ambiente.

Baseados no princípio de que a saúde não se restringe à assistência médica, mas resulta de um conjunto de fatores relacionados aos hábitos saudáveis de vida, os projetos se complementam. A diferença entre eles está no fato de que o Saúde Urbana é desenvolvido pela OMS, constituindo- se em uma ferramenta metodológica para identificar e monitorar as iniquidades em saúde,a fim de embasar as tomadas de decisões por parte do poder público.

Já o Rostos, Vozes e Lugares, desenvolvido pela Opas, trabalha com as metas da ONU (Organização das Nações Unidas) para o milênio. Dessa forma, tem por objetivo ajudar o município a cumprir os oito objetivos estabelecidos pela ONU para 2015