Skip to content

EnglishEspañolPortuguês
Avaliação do processo de implantação da estratégia da Atenção Integrada às Doenças Prevalentes da Infância no Programa Saúde da Família, no Estado de Pernambuco, Brasil
2001-2005, Before 1990, South America, Primary Health Care, Maternal and Child Health, Indigenous population's health

Estudo avaliativo que procura definir os determinantes contextuais do grau de implantação da estratégia Atenção Integrada às Doenças Prevalentes da Infância, no estado de Pernambuco. Selecionou-se 33 unidades do Programa Saúde da Família, de dez municípios. Para definir o grau de implantação, utilizou-se um sistema de escores específico e os indicadores de processo normatizados pela estratégia, classificando os municípios nos níveis Crítico, Insatisfatório e Aceitável. Os municípios, com uma exceção, apresentaram nível aceitável em relação à estrutura. Quanto à avaliação do processo, dois  receberam uma visita de seguimento e os escores encontraram-se no nível insatisfatório. Quatro receberam duas visitas, com um deles classifica- do no nível insatisfatório no 2o seguimento e outro apresentando nível crítico no 1o seguimento.
Em quatro municípios que receberam três visitas, um obteve escores no nível insatisfatório nas três avaliações. Observa-se que quatro municípios atingiram escores médios, que os classificam no nível insatisfatório quando se consideram as médias dos escores obtidos nas 3 visitas de seguimento. Não foi encontrada associação entre contexto organizacional e os graus de implantação.


Palavras-chave  Bem-Estar da Criança; Programa Saúde da Família; Avaliação

 

Full text