A VIII Sessão do Comitê Assessor (CA) do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME) foi realizada nos dias 24 e 25 de outubro de 2019, em São Paulo, Brasil, com a presença de representantes de cinco países da América Latina e do Caribe: Barbados, Brasil, El Salvador, Guiana e Uruguai. A Sessão contou com as palavras de abertura, por via remota, de Jarbas Barbosa da Silva, Subdiretor da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) e Diretor Interino do Departamento de Evidência e Inteligência para Ação em Saúde (EIH), ao qual a BIREME é vinculada hierarquicamente.

CA 0

Diego González Machín, Diretor da BIREME e Secretário ex officio do CA, conduziu a sessão, assistido pelos gerentes e equipes, Silvia Almeida de Valentin, Gestão Administrativa e Planificação; Verónica Abdala, Produção de Fontes de Informação/Serviços Cooperativos de Informação; e Renato T. Murasaki, Administração de Fontes de Informação/Metodologias e Tecnologias de Informação.

As discussões foram centradas na institucionalidade, planos de trabalho, programa de cooperação técnica e produtos e serviços da BIREME em gestão da informação e da evidência, e comunicação científica em saúde para a Região, em particular, no contexto dos mandatos mundiais e regionais da OPAS/OMS com a Agenda de Saúde Sustentável para as Américas 2018-2030 (ASSA 2030) e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030.

CA a

Os membros do Brasil, Rodrigo Santana dos Santos, e de El Salvador, Carlos Enrique Hernandez Ávila, foram designados, respectivamente, como presidente e relator da sessão e, em conjunto com todos os participantes, estiveram encarregados de facilitar e reportar as discussões no contexto das apresentações e comentários sobre: (1) a situação do cumprimento das recomendações da VII Sessão do CA realizada; (2) a sustentabilidade financeira da BIREME no contexto de sua gestão, institucionalidade e planos de trabalho 2018-2019 e a proposta 2020-2021; (3) avanços em comunicação científica; e (4) desenvolvimento e inovação em cooperação técnica também através dos principais produtos da BIREME: a Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e suas principais fontes de informação como os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) e Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (LILACS).

No primeiro dia da Sessão, destacaram-se as apresentações do Diretor do Centro sobre a Missão, Prioridades e Ações Estratégicas da BIREME e sobre o processo de reeleição dos membros especialistas do Comitê Científico (CC) da BIREME para o próximo mandato de 3 (três) anos, ou seja, para os anos 2020-2022, levando em consideração que o mandato atual termina no final de 2019. Já no segundo dia, além de toda a programação, foi realizada uma sessão de pré-lançamento do Global Index Medicus (GIM) e o Curso online em Comunicação Científica, além dos novos portais de LILACS, DeCS, MinhaBVS, Políticas Informadas por Evidências, Mapas de Evidências, Busca Internacional de Guias GRADE, Listas Anotadas de Medicamentos e Dispositivos, e a nova versão do APP para smartphones eBlueInfo.

Silvia de Valentin, (Gerente Administrativa), apresentou o estado de desenvolvimento do plano de trabalho da BIREME em 2018-2019 e suas fontes de financiamento, contextualizou o plano de trabalho 2020-2021 (ainda em fase de aprovação) com o Plano Estratégico da OPAS/OMS para o 2020-2025 e destacou também o marco institucional pelo Estatuto da BIREME e elementos que caracterizam a transparência da gestão e administração também através do Sistema de Informação Gerencial da OPAS/OMS, o WorkDay/PMIS.

Lilian Calò (Coordenadora de Comunicação Científica e Comunicação Institucional) apresentou as iniciativas em comunicação científica desenvolvidas pela BIREME e as ações de comunicação internas e externas para disseminar as ações da BIREME no cumprimento de sua missão e seus objetivos.

CA b1

De sua parte, Carmen Verónica Abdala (Gerente de Fontes de Informação) apresentou as fontes de informação e de evidência científica que caracterizam a cooperação técnica da BIREME na América Latina e no Caribe e em outras regiões, e considerou o trabalho em rede, também através da BVS, fundamental para levar as prioridades dos países da Região às ações do Centro.

Em seguida, Renato Murasaki (Gerente de Metodologias e Tecnologias da Informação) destacou os avanços que viabilizam e dão suporte aos produtos e serviços de tecnologia da informação para a cooperação técnica, bem como os avanços inovadores em serviços e aplicativos de informação para profissionais da saúde.

Os membros do CA contribuíram com informação e conhecimento, também trazendo suas experiências locais e regionais e recomendações de caráter institucional, de sustentabilidade, estratégico e técnico. Todos foram unânimes ao agradecer e reconhecer a atuação da BIREME em prol do acesso equitativo à informação, ao conhecimento e à evidência científica, ressaltando o alto nível das apresentações, intercâmbios e discussões, além da organização da Sessão.

8CA c

Ao final, Diego González Machín declarou encerrada a VIII Sessão do CA, agradecendo os membros do CA pelas efetivas contribuições e reconhecendo o trabalho de toda a equipe para o alcance dos resultados da BIREME como Centro Especializado da OPAS/OMS.

Um relatório final de consenso de todos os membros e participantes será apresentado para a Diretora da OPAS/OMS no prazo de 30 dias, refletindo em detalhe as recomendações dos membros da VIII Sessão do CA da BIREME, centradas no fortalecimento do plano de trabalho com seus produtos e serviços de informação e evidência científica e sustentabilidade financeira e institucional.

Sobre o Comitê Assessor

A principal função do CA, segundo o Estatuto da BIREME no contexto de seu novo marco institucional (CD49.R5), é fazer recomendações à Diretora da OPAS/OMS sobre as funções programáticas, fundamentadas no Plano Estratégico da OPAS/OMS, no Plano de Trabalho Bianual e nas recomendações dos membros do Comitê Científico. O CA, segundo as resoluções CD54.R5 e CSP29.R9, é atualmente composto por representantes do Brasil e da OPAS (membros permanentes), El Salvador (2018-2020), Barbados (2018-2020), México (2019-2021), Guiana (2019-2021) e Uruguai (2019-2021).

Matéria relacionada

Realizada a VII Sessão do Comitê Assessor da BIREME. Boletim BIREME nº 26. Disponível em http://boletin.bireme.org/pt/2018/11/27/realizada-a-vii-sessao-do-comite-assessor-da-bireme/