Com o objetivo de manter uma comunicação efetiva com os membros do Comitê Assessor (CA) e compartilhar informação parcial sobre o progresso alcançado nas recomendações aportadas pelos membros na VIII Sessão, realizada em outubro de 2019, a BIREME/OPAS/OMS organizou uma Sessão Ad Hoc online do CA em 30 de julho de 2020. Na oportunidade foi apresentada a situação de implementação das recomendações da VIII Sessão e os desafios no desenvolvimento do Plano de Trabalho Bianual 2020-2021 (PTB 20-21) durante a pandemia global de COVID-19, além de obter recomendações para superá-los.

A Sessão Ad Hoc online contou com as palavras de boas-vindas de Sebastián Garcia Saiso, Diretor do Departamento de Evidência e Inteligência para Ação em Saúde (EIH, por sua sigla em inglês), que também apresentou os objetivos da reunião, enfatizando o importante papel desempenhado pelos comitês de governança da BIREME em oferecer recomendações ao Diretor da OPAS/OMS sobre sustentabilidade, institucionalidade e cooperação técnica do Centro).

A seguir, Diego González, Diretor da BIREME e Secretário ex-officio do CA, apresentou  o estado de implementação das recomendações da VIII Sessão do Comitê à época nas instalações da BIREME/OPAS/OMS. Ademais, mostrou os principais desenvolvimentos em produtos e serviços da BIREME em gestão da informação e conhecimento e de comunicação e informação científica e técnica em saúde.

CAa

Para ampliar as reflexões e conhecer as considerações dos membros em contexto tão desafiante, o Diretor da BIREME apoiado por sua equipe de gestão e técnica, compartilhou os principais desafios atuais da gestão e operação da BIREME para implementar a sua missão em democratizar o acesso à informação quando todos os países da Região estão enfocados em responder à pandemia global de COVID-19:

  1. Reduzir as brechas e ampliar as suas fontes de financiamento;
  2. Mobilizar projetos de cooperação técnica com os países da região;
  3. Formalizar a contribuição anual do Governo do Brasil para o aperfeiçoamento da BIREME;
  4. Continuar apoiando os países da Região na resposta à pandemia global de COVID-19;
  5. Adotar ações efetivas para divulgar produtos e serviços para toda a região;
  6. Fomentar a participação em Projetos Globais, Regionais, Sub-regionais e Inter programáticos; e
  7. Implementar Plano de Mobilização de Recursos Financeiros.

Os membros participantes, então, tiveram a oportunidade de fazer comentários e perguntas ao Diretor e equipe da BIREME que acompanharam toda a sessão, e foram unânimes em ressaltar e fazer reconhecimento ao número de novos desenvolvimentos e atualizações realizados em apenas um semestre desde a VIII sessão do CA e mesmo em condições de teletrabalho, devido à pandemia.

Carlos Enrique Hernández Ávila e Graciela Fernández Fortete, por parte dos Ministérios de Saúde de El Salvador e Uruguai, respectivamente, voltaram a ressaltar a importância das ações de disseminação e comunicação dos produtos e serviços da BIREME nos países da Região, para que seus distintos atores possam também, além de fazer uso dos produtos e serviços, identificar e compartilhar oportunidades de participação da BIREME em iniciativas e projetos com financiamento.

Rodrigo dos Santos Santana (DEAMB/SESAI/MS) e Shirlei Corrêa Rodrigues (CGDI/SAA/SEMS) consideraram continuar apoiando com as ações de formalização de ações com a BIREME e foram enfáticos sobre a sua relevância e o modelo de gestão de informação e conhecimento que desenvolve, a Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), suas redes, fontes de informação e serviços associados, para a disseminação de informação científica e técnica em saúde, em coordenação com o Ministério da Saúde da Saúde do Brasil. Shirlei também compartilhou a importância e relevância dos desenvolvimentos no contexto do Termo de Cooperação 95 com a OPAS/OMS Brasil do qual participa a BIREME.

Destaca-se também que os membros de Barbados e Guiana estiveram conectados, mas não puderam aportar recomendações, por temas de conexão Internet, entretanto, terão oportunidade de enviar as suas considerações quando receberem o informe resumido da reunião.

Ao final da Sessão Ad Hoc o Diretor EIH agradeceu os aportes e contribuição dos membros e ressaltou a importância da implementação das recomendações aportadas, então, também reconhecendo a participação de todos, o Diretor da BIREME encerrou a sessão anunciando que as Sessões dos Comitês de Governança da BIREME, previstas para o segundo semestre de 2020, serão anunciadas proximamente.

CA particip2

Membros participantes da Sessão Ad Hoc, que são os membros da VIII Sessão do CA da BIREME (países em ordem alfabética):

  • Brasil – representado por Rodrigo dos Santos Santana, Diretor, Departamento de Determinantes Ambientais de Saúde Indígena, Secretaria Especial de Saúde Indígena, Ministério da Saúde e Shirlei Corrêa Rodrigues, Coordenadora-Geral de Documentação e Informação, Subsecretaria de Assuntos Administrativos, Secretaria Executiva, Ministério da Saúde
  • Barbados – representado por Reeshemah Cheltenham-Nile, Chefe de Planejamento da Saúde, Ministério da Saúde e Bem-estar
  • El Salvador – representado por Carlos Enrique Hernández Ávila, Coordenador de Pesquisa em Determinantes da Saúde, Instituto Nacional de Saúde, Ministério da Saúde
  • Guiana – representado por Kay Shako, Diretora, Serviços Regionais de Saúde, Ministério de Saúde Pública
  • Uruguai – representado por Graciela Fernández Fortete, Subdiretora Técnica Médica de Avaliação de Gestão, Fundo Nacional de Recursos, Ministério da Saúde.