|||| Este conteúdo foi arquivado e não é mais atualizado. ||||


Aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, entre os dias 17 e 19 de novembro, o III Seminário do Observatório Iberoamericano de Políticas e Sistemas de Saúde, concomitante à Conferência Internacional de Atenção Primária em Saúde no contexto do Cone Sul.

O Observatório Iberoamericano está sediado na Universidade de Brasília e é conduzido por um grupo executivo formado por parcerias com CONASEMS – no marco do Termo de Cooperação Técnica com a OPAS/OMS, CONASS e Ministério da Saúde.   Reúne núcleos de Brasil, Argentina, Portugal, Espanha, Canadá, Uruguai e Paraguai e tem como objetivos gerais discutir, analisar e apontar caminhos para as políticas de saúde na Iberoamérica.
Em seu terceiro Seminário, o Observatório promoveu o debate sobre o desenvolvimento de um painel de indicadores prioritários de saúde, foram apresentados estudos multicêntricos sobre APS nos países membros, além de exposição da situação dos Núcleos do Observatório e assinatura dos Protocolos de Cooperação Interinstitucional ou por adesão individual.
Estiveram presentes as Consultoras Técnicas Nacionais: Fernanda Santos e Juliana de Paula – ambas da Unidade Técnica de Serviços de Saúde, e também Neusa Goya, Consultora da Unidade Técnica de Vigilância, Informação e Análise de Situação.
Pelo apoio prestado ao encontro, a OPAS/OMS reitera mais uma vez seu papel analítico e propositivo para o fortalecimento dos Sistemas de Saúde no Brasil e no mundo.