Aconteceu entre 15 e 18 de outubro de 2013, em Brasília, a 13ª Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças - 13ª Expoepi. Como em suas prévias edições, a 13ª ExpoEpi priorizou o protagonismo dos gestores e dos profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS), dando voz às suas experiências e visibilidade às suas ações.

Nas mostras competitivas foram discutidas e premiadas experiências implantadas pelos serviços de saúde do SUS, ações promovidas por movimentos sociais e trabalhos acadêmicos de mestrado e doutorado defendidos por profissionais da saúde que atuam no SUS. Além disso, entre os vários painéis, mesas e conferências se destacam

a) Êxitos alcançados nesses 40 anos de existência do Programa Nacional de Imunizações no Brasil, e seus desafios atuais, incluindo um balanço das estratégias adotadas na eliminação do sarampo, os desafios do desenvolvimento tecnológico para a produção de imunobiológicos e as novas frentes de incorporação de vacinas no calendário de vacinação no Brasil. Foi também lançado o livro “Saúde Brasil 2012: uma análise de situação de saúde e dos 40 anos do Programa Nacional de Imunizações no Brasil”. Este livro foi resultado do esforço de cerca de 70 profissionais de saúde, liderados pelos profissionais da Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, que com suas analises permitiu construir um panorama da situação do nascimento, exposição, adoecimento e morte dos brasileiros nos últimos anos, oferecendo evidências para a gestão em saúde.

b) O debate a respeito da integração das ações de vigilância e atenção à saúde. Nessa ocasião, foram discutidos o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) e os desafios e oportunidades na integração das ações de vigilância e atenção à saúde.

c) Um painel sobre a Detecção Digital de Doenças (DDD), coordenado por Marlo Libel (Global Health LLC), que permitiu o debate sobre os desenvolvimentos existentes em vigilância e diagnóstico, assim como sobre o uso da midia social na detecção de eventos de saúde pública no Brasil e a oportunidade para a ampliar a utilização de DDD no Brasil.

d) Um painel sobre a epidemiologia e os desafios atuais da Saúde Pública, contando com a coordenação de Ethel Leonor Noia Maciel (UFES), e com os palestrantes Carlos Castillo-Salgado (Bloomberg School of Public Health/Johns Hopkins University) e Carlos Maurício de Figueiredo Antunes (Santa Casa de Belo Horizonte/MG). Este painel permitiu o debate sobre os usos das evidências epidemiológicas no processo de tomada de decisão em saúde e a contribuição da epidemiologia para a Saúde Pública.

O evento 13ª ExpoEpi, realizado pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, e apoiado pela OPAS no Brasil, teve cerca de 3 mil participantes. O Secretário de Vigilância em Saúde - Jarbas Barbosa da Silva Jr. (SVS/MS) manifestou que a importância deste evento se centra na motivação e na crença de que ações planejadas, adequadamente implantadas, avaliadas e monitoradas podem mudar a saúde da população brasileira.