A OPAS/OMS em parceria com o Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) e a Rede Latino Americana para o controle de vetores (RELCOV), em coordenação com Instituto Gorgas para Estudos de Saúde (ICGES) realizaram, no período de 19 a 22 de novembro de 2013, a reunião internacional “Por que não podemos controlar o Aedes aegypti? Situação atual e perspectivas futuras”.

Esta reunião teve como um dos seus objetivos reunir especialistas em controle de vetores,  incluindo: gerentes de programas nacionais, estaduais ou municipais, pesquisadores e representantes da indústria para discutir e avaliar as práticas existentes de vigilância e controle, sua implementação e seu efeito no controle de populações do Aedes aegypti. Foi também um fórum para definir necessidades, discutir novas ferramentas, identificar as lacunas de conhecimento e propor novos procedimentos para a melhoria do controle do mosquito vetor da dengue. Participaram mais de 300 técnicos da área de vigilância e controle de vetores de 23 países, pelo Brasil participaram técnicos do Ministério da Saúde, das Secretarias Municipais de Saúde de Goiânia, Belo Horizonte, Salvador, Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Universidade Federal de Minas Gerais e da Representação da OPAS/OMS no Brasil.

Esperasse que os produtos desta reunião possam contribuir para o aperfeiçoamento das atuais estratégias de controle do Aedes aegypti e  consequentemente na redução da carga da dengue nas Américas.

Para maiores informações clique aqui