Todo 7 de abril é comemorado o Dia Mundial da Saúde e este ano o tema central são as doenças transmitidas por vetores. Estas doenças são transmitidas aos humanos por organismos que transportam vírus, parasitos e bactérias.Na Região das Américas, as doenças transmitidas por vetores de maior importância epidemiológica são a malária, dengue, doença de Chagas, leishmaniases, filariases linfáticas, esquistossomose e tracoma.

As doenças de transmissão vetorial são responsáveis por uma alta carga de morbilidade e mortalidade especialmente nos países mais pobres, causando ausência escolar, aumento da pobreza, diminuição na produtividade econômica e sistemas de saúde sobrecarregados com procedimentos de alto custo.

Como forma de se prevenir, é importante levar em consideração algumas medidas de proteção como: uso de roupas que protejam pernas e braços contra a picada de insetos, instalação de telas em portas e janelas das residências, cobrir os recipientes onde é armazenada a água e não deixar água parada ou acumular lixo.

A sede da Organização Pan-Americana da Saúde organizará no dia 4 de abril às 12:00 (horário de Brasília) uma teleconferência sobre doenças de transmissão vetorial nas Américas e contará com apresentações sobre Malária, Oncocercose, Dengue, Chikungunya, Febre do Oeste do Nilo e Doença de Chagas .

No dia 11 de abril, a Organização Pan-Americana da Saúde / Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil em parceria com a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde do Acre celebrará o Dia Mundial da Saúde na cidade de Rio Branco, capital do estado do Acre. Durante o ato serão realizadas palestras sobre malária, dengue e filariose com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção e proteção contra os vetores que transmitem estas doenças.