Washington, D.C., 28 de abril de 2014 (OPAS/OMS) – Os jogadores do Sport Club Internacional Juan Silveira dos Santos, “Dida” Nélson de Jesus e Silva e Andrés D’Alessandro protagonizam uma série de anúncios de interesse público nos quais convidam a população a vacinar se para prevenir mais de 20 doenças perigosas.  Os spots foram produzidos pela Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) a fim de conscientizar sobre a importância de ficar em dia com as vacinas e evitar contrair doenças como o sarampo ou a rubéola, no âmbito da 12a Semana de Vacinação nas Américas, cujo lema este ano é “Vacinação: Sua melhor jogada”.

“Muitas vezes, para ganhar o jogo, você tem que jogar no ataque, assim como na vida”, diz o argentino D’Alessandro, que acrescenta: “jogue no ataque para não ficar doente, e também para não contagiar ninguém. Vacine-se, porque a vacinação é a sua melhor jogada”.

Sob a liderança da OPAS/OMS, em 2002 a Região das Américas eliminou o sarampo e, sete anos depois, a rubéola. No entanto, esses vírus continuam circulando em outras regiões do mundo, e o risco de sua reintrodução cresce quando há eventos de grande porte como a Copa do Mundo, que será disputada a partir de junho no Brasil.
Estima-se que mais de meio milhão de torcedores viajarão para prestigiar suas seleções e, em grande parte, virão dos 32 países que competem na Copa. Deles, 19 países registraram casos de sarampo o ano passado.

“Vacinar-se contra essas doenças é a melhor jogada para proteger a si mesmo, a família e os demais”, assinalou a Diretora da OPAS/OMS, Carissa F. Etienne. Desde 2003, mais de 465 milhões de pessoas foram vacinadas nas Américas como parte da Semana de Vacinação, iniciativa que em 2012 foi ampliada, por intermédio da OMS, ao restante do mundo e da qual este ano mais de 180 países participarão.

“A sua defesa está pronta?”, pergunta o brasileiro Juan em outro dos spots. “No jogo da vida, a vacinação é a melhor defesa contra as doenças e mantém você saudável, forte e protegido”, afirma. Seu companheiro e goleiro do Internacional, Dida, dá outra mensagem a favor das vacinas: “Se você ama o futebol como eu, sabe que proteger o gol com a sua vida é o mais importante, e de proteger a sua vida e de sua família com a vacinação, também”.

A OPAS/OMS produziu, além disso, o spot As vacinas versus. O sarampo e a rubéola: uma vacina para ganhar o jogo. O vídeo, de um minuto e meio, convida os turistas a vacinar-se pelo menos duas semanas antes de viajar para a Copa do Mundo no Brasil, para manter essas doenças fora do estádio e da região.

O sarampo é uma doença muito contagiosa e grave causada por um vírus. As crianças pequenas não vacinadas são quem correm maior risco de sofrer o sarampo e suas complicações, inclusive a morte. As mulheres gestantes não vacinadas também constituem um importante grupo de risco. No entanto, qualquer pessoa que não esteja imunizada pode ser infectada (isto é, que não tenha sido vacinada e não tenha sofrido da doença).

A rubéola é uma infecção viral aguda e contagiosa. Embora em geral a enfermidade seja leve nas crianças, tem consequências graves nas gestantes, porque pode causar morte fetal ou defeitos congênitos na forma da síndrome da rubéola congênita.

Este ano, a OPAS/OMS, juntamente com os países da região, pretende alcançar com as vacinas mais de 63 milhões de pessoas de todas as idades, inclusive aqueles que vivem em comunidades indígenas, áreas remotas ou de fronteira, em zonas de periferia urbana e outras populações em risco.

A OPAS trabalha com os países das Américas para melhorar a saúde e a qualidade de vida de sua população. Fundada em 1902, é a organização internacional de saúde pública mais antiga do mundo. Atua como o escritório regional para as Américas da OMS e é a agência especializada em saúde do sistema interamericano.

LINKS:

Spot: As vacinas contra o sarampo e a rubéola

Andrés D’Alessandro – Spot: Jogue no ataque

Andrés D’Alessandro – Spot: A melhor defesa

Juan Silveira dos Santos – Spot: Jogue no ataque

Juan Silveira dos Santos – Spot: A melhor defesa:

Dida – Spot: Proteger a vida é o mais importante

Semana de Vacinação das Américas

Página do Escrtório Central da OPAS/OMS 

Facebook do Escritório Central da OPAS/OMS
Facebook da Representação da OPAS/OMS no Brasil
Facebook imunização
Canal da OPAS/OMS no Youtube
Twitter #vacine-se #MelhorJogada
Twitter imunização #vacine-se #MelhorJogada