Brasília, 24 de setembro de 2015 – Foi assinada hoje, pelo Ministro da Saúde, Arthur Chioro; pelo Representante Adjunto da OPAS/OMS no Brasil, Luis Felipe Codina; pelo Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana; pelo Secretario de Vigilância em Saúde, Antônio Carlos Nardi; e pelo Secretario Estadual do Ceará, Henrique Jorge de Sousa, a Nota Informativa sobre o encerramento do surto de sarampo no Ceará. O surto no estado contabilizou 4.094 casos notificados entre 25 de dezembro de 2013 e 12 de setembro de 2015 com 78% (3.138) dos casos descartados e 22% (916) casos foram confirmados (genótipo D8). Data do último caso confirmado em 06 de julho de 2015.

Estratégias para encerramento do surto – imunização, vigilância e laboratório:

  • Integração OPAS/OMS, Ministério da Saúde, Secretaria Estadual e Municipal de Saúde, Universidades e Associação Brasileira de Enfermagem;
  • Destaque para vacinação em Fortaleza e nos municípios da região metropolitana (cobertura vacinal na faixa etária de 5-29 anos: 93% em Fortaleza, 93% em Caucaia, e 97% em Paracuru);
  • Campanha de seguimento contra o sarampo nos 184 municípios do Estado do Ceará;
  • Vacinação na população de risco;
  • Reorientação e sistematização das ações de bloqueio e varredura;
  • Descenso de casos, provavelmente pelo número de doses aplicadas;
  • Busca ativa institucional e busca ativa comunitária, com casos de doenças febris exantemáticas analisadas com tríade.
  • Intensificação de vacinação na população de 5 a 29 anos nos municípios de Fortaleza, Caucaia e Itaitinga e 5 a 39 anos em Paracuru. Foram mais de 1,2 milhões de doses aplicadas da vacina dupla viral (sarampo e rubéola);
  • Implementação de vigilância comunitária em municípios ou distritos de risco.

A OPAS/OMS apoiou as estratégias para a contenção do surto com a participação de 135 vacinadores que prestaram serviços junto com as equipes estaduais e municipais, manutenção de consultores internacionais para apoiar a vigilância epidemiológica e imunização, materiais de informação, etc.. O investimento foi de 1,2 milhões de reais.