010720 sitedoacoesfundo1 de julho de 2020 – A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) está buscando mobilizar mais recursos para seu trabalho na pandemia de COVID-19 nas Américas por meio de um novo portal de doações ao Fundo de Resposta à COVID-19.

A Região das Américas é atualmente o epicentro da pandemia de COVID-19, que agora se propagou para todos os 54 países e territórios do hemisfério, com notificação de cerca de 5,2 milhões de casos e quase 250 mil mortes até o momento. A OPAS está trabalhando dia e noite com os países e territórios das Américas para responder a esta crise sanitária.

A página DOE AGORA permite que o público geral contribua diretamente para o Fundo de Resposta à COVID-19 da OPAS. Estas doações serão utilizadas para:

  • Fornecer suprimentos essenciais, incluindo equipamentos de proteção individual (EPIs), para os profissionais de saúde da linha de frente;
  • Detectar, monitorar e desacelerar a propagação da COVID-19, apoiando a vigilância, testes, rastreamento de contatos e capacidade laboratorial nos países e territórios da região;
  • Ajudar os países e territórios a prepararem seus sistemas de saúde para lidar com o rápido aumento e ressurgimento de casos de COVID-19, mantendo outros serviços essenciais de saúde;
  • Compartilhar os conhecimentos científicos mais recentes, dados epidemiológicos e orientação técnica com governos, profissionais de saúde e comunidades para orientar as ações de saúde pública; e
  • Apoiar pesquisas e facilitar a participação dos países no sequenciamento do genoma e nos ensaios clínicos de novos medicamentos.

A mobilização de recursos é uma parte essencial da resposta à pandemia de COVID-19. Em março de 2020, a OPAS lançou um chamado aos doadores no valor de US$ 95 milhões, recurso necessário para apoiar e ampliar os esforços de preparação e resposta à saúde pública na América Latina e no Caribe até agosto de 2020. No entanto, estima-se agora que são necessários US$ 200 milhões para apoiar a preparação e resposta à pandemia entre fevereiro e dezembro de 2020. Até o momento, a OPAS recebeu um montante de US$ 66,6 milhões em contribuições de doadores e compromissos de ajuda adicional.

Desde que a COVID-19 chegou às Américas, equipes regionais e nacionais de resposta a emergências da OPAS têm prestado apoio direto aos Ministérios da Saúde e outras lideranças nacionais nas principais áreas de saúde pública. O apoio se concentra especificamente na coordenação, comunicação de risco e envolvimento da comunidade, vigilância e resposta rápida, pontos de entrada, capacidade laboratorial, prevenção e controle de infecções, gestão clínica, logística, manutenção de serviços essenciais de saúde e pesquisa e desenvolvimento nos países.

O trabalho técnico da OPAS em relação à pandemia de COVID-19 inclui a colaboração com países e territórios na organização de seus sistemas de saúde para lidar com o rápido aumento de casos; a aquisição de equipamentos e suprimentos, incluindo equipamentos de proteção individual e kits de teste; desenvolvimento e implementação de medidas de prevenção de saúde pública; aplicação dos mais recentes protocolos baseados em evidências para o tratamento de pacientes com COVID-19; fortalecimento de testes de laboratório, diagnóstico e vigilância para melhor detectar, rastrear e desacelerar a propagação da COVID-19; e informação sobre os novos desenvolvimentos científicos e participação em importantes pesquisas sobre a COVID-19.

Crédito da foto: Karina Zambrana