Unidade Técnica Mais Médicos

mais medicos cubanos retorno27 de novembro de 2018 – Está em andamento o processo de retorno dos médicos cubanos da cooperação internacional entre Brasil, Cuba e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Até o momento, foi confirmada a saída de 1.307 profissionais do país, em sete voos fretados, com destino à ilha caribenha.

Leia mais...

mais medicos alida mercedes karina zambrana21 de novembro de 2018 – Já estão confirmadas as datas de saída dos primeiros voos de retorno dos médicos cubanos mobilizados por meio da cooperação internacional entre Brasil, Cuba e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Os cinco primeiros partem na próxima quinta-feira (22), sexta-feira (23) e no sábado (24), em direção a Havana. Leia mais...

191118 saidapmm19 de novembro de 2018 – Brasil, Cuba e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) definiram nesta segunda-feira (19) que cerca de 8.300 médicos cubanos do Mais Médicos deverão deixar gradualmente o programa até a data prevista de 12 de dezembro deste ano. A medida foi tomada após a decisão do governo cubano de encerrar sua participação no programa Mais Médicos.

Leia mais...

mais medicos mangueira zika5 de outubro de 2018[ATUALIZAÇÃO 15/10/2018: Devido a um problema técnico, a submissão de trabalhos para esta convocatória está temporariamente suspensa] A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) abriu nesta sexta-feira (5) uma convocatória para projetos de pesquisas sobre o impacto econômico do Programa Mais Médicos. A inscrição pode ser feita até 16 horas (horário de Brasília) do dia 19 de outubro de 2018. As três melhores propostas serão contratadas por R$ 15 mil para estruturar um projeto de investigação.

Leia mais...

maismedicos estudocasorn331 de maio de 2018 — A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) apresentou nesta quinta-feira (31) um panorama sobre o Programa Mais Médicos, durante o 13º Congresso Internacional da Rede Unida, em Manaus (AM). O organismo internacional tem acordos com os governos do Brasil e de Cuba para o Mais Médicos, articulando essa cooperação internacional entre os dois países – o que permite a mobilização de médicos cubanos para atuar no setor de Atenção Básica do Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. 

Leia mais...

Folha informativa atualizada em novembro de 2018

Principais informações  

  • Uma das principais ações no Brasil para aumentar a cobertura de saúde equitativa e universal é o Programa Mais Médicos. A iniciativa foi criada em 2013 pelo governo brasileiro para ampliar a atenção primária em saúde e suprir a carência de médicos.
  • A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) colabora com a iniciativa ao articular acordos entre Brasil e Cuba para viabilizar a mobilização de médicos cubanos para atuar no setor de atenção primária em saúde, no Sistema Único de Saúde brasileiro.
  • A OPAS/OMS também contribui com o monitoramento e avaliação dos resultados e impactos do programa, bem como na gestão e disseminação do conhecimento gerado pela iniciativa, capacitação, fortalecimento da educação em saúde para um grande contingente de médicos, entre outras ações relacionadas à melhoria da atenção primária à saúde no Brasil.
  • Mais de 60 milhões de brasileiros são cobertos pelo Programa Mais Médicos.
  • É um dos projetos mais audaciosos para a cobertura equitativa e universal da atenção primária à saúde no mundo e considerado uma das melhores práticas de cooperação sul-sul na Região das Américas.  
Leia mais...

270418 maismedicos27 de abril de 2018 — Brasil, Cuba e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) apresentaram nesta quinta-feira (26) um panorama sobre os resultados do Programa Mais Médicos. O painel, que ocorreu durante a Convención Internacional Cuba Salud 2018, em Havana, capital da ilha caribenha, mostrou como a iniciativa tem desde a sua criação se baseado nos princípios da saúde universal, fortalecido a cooperação internacional no hemisfério sul e ajudado a reduzir a desigualdade.

Leia mais...

O aplicativo gratuito “Sistema Integrado de Informação Mais Médicos (SIMM)” está disponível para computador, tablet ou celular. Essa ferramenta foi criada pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) para juntar os principais bancos de dados do Projeto Mais Médicos para o Brasil e pode ser usada por qualquer cidadão.

Leia mais...

mais medicos app15 de dezembro de 2017 – Já está disponível para computador, tablet ou celular o aplicativo gratuito “Sistema Integrado de Informação Mais Médicos (SIMM)”. Essa ferramenta foi criada pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) para juntar os principais bancos de dados do Projeto Mais Médicos para o Brasil e pode ser usada por qualquer cidadão.

Leia mais...

mais medicos aldeia trocara 2214 de novembro de 2017 – A experiência inovadora do programa Mais Médicos pode apontar soluções para países que vêm enfrentando desafios na área de recursos humanos e de formação em saúde. Por isso, essa bem-sucedida iniciativa foi apresentada nesta terça-feira (14) pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), em Dublin, na Irlanda, durante o Quarto Fórum Global em Recursos Humanos para a Saúde.

Leia mais...

040917 pmm kz4 de setembro de 2017 – Dos dias 18 a 24 de setembro, o Memorial dos Povos Indígenas, em Brasília, apresentará uma exposição fotográfica produzida pela Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) que documenta o trabalho dos profissionais do Mais Médicos junto a diversas etnias indígenas distribuídas por todas as regiões brasileiras. 

Leia mais...

O Programa Mais Médicos (PMM) foi criado em 2013 pelo Governo Federal brasileiro, com o objetivo de suprir a carência desses profissionais nos municípios do interior e nas periferias das grandes cidades. Com o PMM, foi possível preencher 18.240 vagas em 4.058 municípios brasileiros e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas, atingindo uma cobertura de 63 milhões de brasileiros. Dessas vagas, 11.429 foram ocupadas por profissionais cubanos, mobilizados pela OPAS/OMS.

10.03.17 - mmexposicao home10 de março de 2017 – Quem passa pelo campus da Universidade de Brasília (UnB) já pode conhecer um pouco mais sobre o trabalho dos profissionais do programa Mais Médicos. A Faculdade de Ciências da Saúde da instituição de ensino abriga uma exposição de fotos fixa sobre a iniciativa, com 12 painéis de quatro metros de altura. Neles, há registros do dia a dia dos médicos cubanos mobilizados pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) para trabalhar no Brasil.

Leia mais...

maismedicos cns homenagem site27 de janeiro de 2017 – O Conselho Nacional de Saúde (CNS) prestou nesta sexta-feira (27) uma homenagem aos profissionais cubanos do programa Mais Médicos. A atuação deles nas unidades básicas de saúde brasileiras é facilitada pelo trabalho da Organização Pan-Americana/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil.

Leia mais...

mais medicos seminario 2 dia6 de dezembro de 2016 – Especialistas e autoridades de saúde apresentaram nesta terça-feira (6) pesquisas e estratégias de divulgação dos resultados do Programa Mais Médicos, durante um seminário sobre a iniciativa promovido pela Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS).

Leia mais...

Subcategorias