|||| Este conteúdo foi arquivado e não é mais atualizado. ||||


A publicação “Saúde nas Américas”, da Organização Pan-Americana da Saúde, foi lançada no dia 18 de Outubro, durante a Mesa redonda “Evidências epidemiológicas e a Vigilância em Saúde” na 12ª ExpoEpi, em Brasília (DF, Brasil). Na ocasião, Dr Marcos Antonio Espinal Fuentes (Gerente de Vigilância da Saúde e Prevenção e Controle de Doenças da OPAS-WDC) informou que se trata de importante publicação da OPAS/OMS, divulgada a cada cinco anos, com o objetivo de discutir os principais avanços e desafios para o setor saúde na Região das Américas.

Leia mais...

O Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013 tem como objetivo divulgar o IDHM e indicadores socioeconômicos nacionais. Merece destaque o constante incremento do IDH no Brasil, passando de 0,492, em 1991, para 0,612, em 2000, e 0,727, em 2010. Pela primeira vez nesse último ano censitário, observamos o alcance do Brasil de um valor de IDH classificado como “alto” (entre 0,700 e 0,799). O valor de IDH de 0,727, em 2010, coloca o Brasil na 85ª posição de IDH global, conforme quadro abaixo. Os primeiros colocados nessa escala são: Noruega, Austrália, Estados Unidos, Países Baixos e Alemanha. (Clique na imagem para ampliá-la).

Leia mais...

A iniciativa da RIPSA foi debatida com o Ministério da Saúde e Proteção e com a OPAS da Colômbia, representados respectivamente por Jorge Eliecer Gonzalez Diaz e Andrés José Alvarez Amézquita, em reunião realizada no dia 08 de dezembro na Representação da OPAS/OMS no Brasil. Participaram dessa reunião os consultores Alfonso Tenório, Elizabeth Duarte e Neusa Goya da OPAS/OMS no Brasil e  Haroldo Lopes dos Santos, Coordenador de Disseminação de Informações do DATASUS, apresentaram a idéia, organização e funcionamento da RIPSA.

Leia mais...

A Autópsia Verbal (AV) tem a finalidade de elucidar as mortes por causas mal definidas em áreas onde o sistema de informação sobre mortalidade é limitado. Para tanto, são realizadas entrevistas com pessoas próximas da pessoa falecida sobre as circunstâncias que levou à morte. Para debater essa experiência no Brasil, foi realizado, no dia 7 de Junho de 2013, um seminário sobre o tema “O uso da Autópsia Verbal para o aprimoramento do Sistema de Informação sobre Mortalidade no Brasil”, organizado pela OPAS (Brasil) e pelo Ministério da Saúde - Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS). No Brasil, essa iniciativa de AV está inserida no conjunto de ações para o aprimoramento da qualidade dos sistemas de informação em saúde. Entre 2000 e 2011, a cobertura da notificação de óbitos no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) passou de 91% para 94,6%, e de nascimentos no Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (SINASC) passou de 92,5% para 95,9%. Além disso, houve melhoria expressiva da completude do preenchimento das informações na Declaração de Óbito (DO) e na Declaração de Nascidos vivos (DN).

Leia mais...

Aconteceu na Representação da OPAS/OMS no Brasil, a 23ª Oficina de Trabalho Interagencial da RIPSA, realizada nos dias 06 e 07 de dezembro. Esta 23º edição contou com a presença de 81 participantes entre os membros da RIPSA e os representantes de 17 Estados brasileiros, convidados a assistir a OTI como forma de vivenciar o funcionamento de umas das instâncias da RIPSA Nacional. Destaca-se a participação de Jorge Eliecer Gonzalez Diaz e Andrés José Alvarez Amézquitados, representantes do Ministério da Saúde e Proteção e da OPAS da Colômbia, respectivamente. A OPAS/OMS esteve representada pelas consultoras Nacionais Elizabeth Duarte e Neusa Goya.

Leia mais...

O livro "Saúde Brasil" é uma publicação anual do Ministério da Saúde, onde a análise dos principais problemas e eventos relacionados à saúde do povo brasileiro é apresentada. Esta publicação foi construída tendo como princípio a valorização do uso dos dados secundários disponíveis nos sistemas de informações integrantes do Sistema Único de Saúde (SUS) e nos inquéritos e nas pesquisas conduzidos pelo Ministério da Saúde. Ademais, o apoio à criação de capacidade analítica institucional durante o processo de produção dessas analises também é um atributo desta publicação, que favorece a apropriação dos resultados dessas analises na tomada de decisão em saúde no SUS.

Leia mais...

nullFoi realizada na Representação da OPAS/OMS no Brasil, a 3ª Oficina RIPSA no Estado, no dia 05 de dezembro que contou com a participação expressiva de representantes de 17 Estados brasileiros, totalizando um público de 62 participantes. Dos Estados participantes, 12 estão entre os que manifestaram, recentemente, interesse em aderir à iniciativa da RIPSA.

Leia mais...

O IDB 2011 é uma publicação anual do Ministério da Saúde, impressa em formato de folheto, que tem como objetivo monitorar uma série padronizada e pactuada de indicadores de saúde distribuídos segundo Unidades Federadas do Brasil. O material apresentado nesse folheto representa uma síntese de dados e indicadores da RIPSA – Rede Interagencial de Informações para a Saúde. Além disso, essa publicação traz um novo tema de destaque a cada ano. No ano de 2011, o IDB destacou o tema do envelhecimento da população brasileira, à luz dos resultados do Censo Demográfico 2010.

Leia mais...

Aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, entre os dias 17 e 19 de novembro, o III Seminário do Observatório Iberoamericano de Políticas e Sistemas de Saúde, concomitante à Conferência Internacional de Atenção Primária em Saúde no contexto do Cone Sul.

Leia mais...

Em 12/12/12 consultores da UT Desenvolvimento Sustentável e Saúde Ambiental da Representação da OPAS/OMS no Brasil participaram de uma oficina no Rio de Janeiro/RJ  com o objetivo de avaliar as atividades e projetos da Fiocruz como Centro Colaborador em Saúde Pública e Ambiental da OPAS/OMS sob a responsabilidade da vice-presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde.

Leia mais...