2020-10-16 23:00:53

Anahp e OPAS firmam acordo para reduzir mortalidade materna por hemorragia em hospitais privados do Brasil

acordo opas anahp fotokarinazambrana 2 220px16 de outubro de 2020 – A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e a Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) assinaram na noite desta quinta-feira (15) um acordo para reduzir o número de óbitos por hemorragia puerperal (após o parto ou aborto) no Brasil. Essa é a segunda maior causa direta de mortalidade materna no país e na região das Américas.



2019

2019-11-09 03:40:39

Após celebrar pacto com municípios, Pará apresenta estratégias para reduzir mortalidade materna em 30%

091119 pactoreducaomm8 de novembro de 2019 – Após celebrar o Pacto pela Redução da Mortalidade Materna com 141 municípios, a Secretaria Estadual de Saúde do Pará apresentou nesta sexta-feira (8) a gestores, servidores e representantes de universidades estratégias para diminuir em 30% o coeficiente de mortalidade materna nas regiões do estado. 



2019-04-12 01:11:48

OPAS e Maranhão reforçam ações para reduzir mortalidade materna e infantil no estado

110419 maranhaoopas11 de abril de 2019 – A Organização Pan-Americana da Saúde e o governo do Maranhão deram, juntos, mais um passo em direção ao fortalecimento das ações para a redução da mortalidade materna e infantil. Nesta quinta-feira (11), o estado inaugurou na Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão a “Sala CUIDAR”, uma rede de atenção às urgências e emergências obstétricas que atenderá todos os municípios do estado.



2018

2018-08-20 20:26:15

Folha informativa - Mortalidade materna

Atualizada em agosto de 2018

Principais informações

  • Todos os dias, aproximadamente 830 mulheres morrem por causas evitáveis relacionadas à gestação e ao parto no mundo.
  • 99% de todas as mortes maternas ocorrem em países em desenvolvimento.
  • A mortalidade materna é maior entre mulheres que vivem em áreas rurais e comunidades mais pobres.
  • Em comparação com outras mulheres, as jovens adolescentes enfrentam um maior risco de complicações e morte como resultado da gravidez.
  • Cuidados antes, durante e após o parto podem salvar a vida de mulheres e recém-nascidos.
  • Entre 1990 e 2015, a mortalidade materna no mundo caiu cerca de 44%.
  • Entre 2016 e 2030, como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a meta é reduzir a taxa global de mortalidade materna para menos de 70 por cada 100 mil nascidos vivos.


2018-07-28 22:35:51

Abrascão: Zero Morte Materna, Mais Médicos e acesso a medicamentos são discutidos pela OPAS/OMS


2017

2017-10-17 21:21:37

Zero Morte Materna por Hemorragia: a iniciativa da OPAS/OMS que está salvando vidas