Qualquer evento em saúde pode gerar um DADO. 

Este é o ponto de partida de um processo que contribui para a concepção e implementação de políticas que melhoram a saúde da população. 

Os eventos são primeiramente registrados. A informação é codificada e os dados permitem a obtenção de indicadores, cuja análise é utilizada para conceptuar políticas de saúde. 

Tais políticas são aplicadas e depois avaliadas através de novos dados, e o ciclo inicia-se novamente. 

Por isso, é fundamental prevenir que dados sofram eventuais erros, os quais podem aparecer em qualquer etapa deste processo. Dados errôneos podem gerar uma interpretação equivocada dos problemas, afetando de forma negativa a conceptualização de políticas de saúde. 

Na RELACSIS, trabalhamos em todas as etapas deste processo com a missão de fortalecer e otimizar de maneira simples os Sistemas de Informação de Saúde para melhorar a vida das pessoas. 

Somos uma rede de técnicos, profissionais, produtores e usuários de informações de saúde da América Latina e do Caribe. Nossa missão se baseia na solidariedade e na cooperação de todos os países da Região para melhorar a qualidade dos dados, diagnósticos, e políticas da saúde. 

Esta rede promove capacitação através de múltiplas práticas e ferramentas de desenvolvimento de baixo custo e de alto impacto, contribuindo para a melhoria dos Sistemas de Informação de Saúde.

 No âmbito da cooperação Sul-Sul, RELACSIS também nos permite compartilhar experiências entre os países da rede, assim como aportar soluções comuns para problemas mútuos.

 Porque o direito à saúde começa com o direito a uma informação de qualidade. Ajúde-nos a melhorar a saúde da população. Ajúde-nos a fortalecer os sistemas de informação de saúde. 

RELACSIS 

Experiências compartilhadas. Melhor informação de saúde.