Skip to content

Consultora do Projeto eSAC visita BIREME para identificar oportunidade de cooperação

No último dia 2 de março a Dra Fabíola Bof de Andrade, consultora internacional da OPAS para o Projeto eSAC - Inovação eSaúde Pública e Equidade para a América Latina e Caribe, visitou a BIREME/OPS/OMS para uma reunião de apresentação do Projeto eSAC e discussão para identificação de oportunidade de colaboração da BIREME ao Projeto.



No início da reunião a Dra Fabíola Bof de Andrade explicou os objetivos do Projeto eSAC destacando o desenvolvimento de uma comunidade de prática em uma Plataforma do eSAC, as instituições e nomes dos membros que fazem parte do projeto, a estratégia de mapeamento de projetos de eSaúde Pública na Região e a publicação de um número especial da Revista Panamericana de Salud Pública.

A seguir Verônica Abdala, gerente SCI e Elizabeth Biruel, bibliotecária SCI/SAU, relatou sobre o trabalho da BIREME com espaços de colaboração, gestão da informação para promover o acesso e uso da informação em apoio ao processo de tomada de decisão em saúde e, com mais detalhe, sobre a cooperação técnica da BIREME no Programa Telessaúde Brasil.  Nesta parte da reunião, se identificou as seguintes possibilidades de cooperação entre BIREME e o Projeto eSAC:

  • Mapeamento de projetos de Telessaúde: ampliação do atual diretório da Rede Telessaúde Brasil para incluir outras iniciativas e atividades de telessaúde além daquelas relacionadas oficialmente ao Programa Telessaúde Brasil;
  • Projeto Telesalud BID: buscar uma aproximação entre o projeto Telesalud BID e eSAC, uma vez que há objetivos em comum. A BIREME colabora para o Projeto Telesalud BID, especialmente no curso sobre serviços de Telessaúde, com o componente de gestão da informação;
  • Gestão da informação para os documentos e informações relacionadas ao Projeto eSAC e no âmbito da plataforma virtual que será desenvolvida para o Projeto;
  • Biblioteca Virtual em Saúde: uma seleção de informação de interesse do Projeto pode ser selecionada na BVS e disponibilizada na plataforma do Projeto;
  • Glossário: a ferramenta de glossário desenvolvida pela BIREME pode ser utilizada para criar o glossário do Projeto eSAC, e ser inclusive disponibilizado na BVS como uma fonte de informação. A terminologia relacionada a eSaúde não é amplamente conhecida na região, e um glossário pode ser muito útil para toda a Rede BVS e interessados na temática;
  • Plataforma eSAC: colaboração para definir a arquitetura de informação e avaliação de aspectos de usabilidade e navegabilidade;
  • Reunião da BIREME com a equipe do Projeto eSAC: para apresentar o trabalho que a BIREME desenvolve na área de gestão da informação e sua aplicação no Programa Telessaúde Brasil (reunião por elluminate)
AddThis Social Bookmark Button