Um artigo sobre a base de dados MedCarib com a qual a BIREME contribui historicamente

24 Nov 2021
Caribbean Library Journal

MedCarib é uma base de dados que reúne informação em saúde publicadas em periódicos científicos dos países anglófonos do Caribe e do Suriname, fruto da cooperação da Rede MedCarib, cuja atual coordenadora é Victoria Cruishank-Taylor, da CARPHA (Caribbean Public Health Agency). Essa base de dados também contribui com registros para a base de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), que reúne cerca de 900 periódicos em saúde de todos os países da América Latina e do Caribe.

Um artigo[1] sobre a base de dados MedCarib com o qual a BIREME contribuiu foi recentemente publicado no Caribbean Library Journal relatando e analisando suas principais realizações e desafios, com base na perspectiva de Trinidad e Tobago. Trinidad e Tobago, juntamente com Barbados, Belize, Guiana, Jamaica e outros países caribenhos de língua inglesa, participam do fortalecimento e manutenção da base de dados MedCarib.

Os autores enfatizaram que muitos desafios enfrentados – bem como as conquistas – ao longo dos anos pelo MedCarib podem ser atribuídos à natureza do empreendimento, uma colaboração entre várias bibliotecas institucionais de ciências da saúde, que foram delineadas em um workshop[2] que revisou sua história de 1989 até o presente.

Pode-se considerar que o início da base MedCarib ocorreu em 1989, a partir de uma iniciativa de cooperação técnica entre o Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME) e a University of West Indies, campus de Mona, Jamaica. A meta era coletar, indexar e compilar literatura relacionada à saúde de cada país participante. O objetivo por trás do projeto era fornecer a informação em saúde mais recente aos profissionais, as quais são difíceis de obter em locais onde os recursos são limitados. No entanto, o MedCarib não se qualifica totalmente como um recurso de acesso aberto, no entanto, pode ser visto como um banco de dados híbrido de acesso aberto, uma vez que nem sempre fornece acesso ao texto completo do artigo.

É importante ressaltar que a base de dados MedCarib não inclui apenas artigos de periódicos científicos, mas também documentos não convencionais (literatura cinza) sobre literatura em saúde impressa ou eletrônica produzida por autores latino-americanos e caribenhos, pois sua cobertura segue a Metodologia LILACS. Além disso, os países participantes são incentivados a contribuir com dados publicados ou não publicados para a base de dados, cobrindo um amplo espectro de informação baseada em evidência para uma amostra representativa de médicos e profissionais em saúde.

De acordo com os autores1, “a base de dados MedCarib tem o potencial de ser um repositório de pesquisas médicas e em saúde no Caribe de língua inglesa e no Suriname. Este potencial só pode ser plenamente realizado se houver maior colaboração, mais contribuições e promoção da base de dados. Assim que essas áreas forem abordadas, a base de dados MedCarib da BIREME estará pronto para refletir os dados em saúde da região”.

Acesse o artigo para a descrição completa e informação histórica sobre a base de dados MedCarib, bem como seus desafios e recomendações para manter a sustentabilidade desta iniciativa que continuará a ser apoiada pela BIREME.

 

[1] A. A. Cumberbatch, B. Adams-Baptiste and R. Ganessingh. 2021. BIREME’s MedCarib Database: Surviving the Challenges Experienced in Trinidad and Tobago. Caribbean Library Journal 6:64-79. https://journals.sta.uwi.edu/clj/papers/vol6/6_Caribbean-Library-Journal_Vol-6_Article-5_Cumberbatch-A_Adams-Baptiste-B_Ganessingh-R_p_64-79.pdf

[2] MEDCARIB. (2017, June 22). Reviewing progress and charting a way forward Medical/Health Literature in the English-speaking Caribbean. (2017, June 22). Address presented by Ernesta Greenidge at MedCarib workshop at The University of the West Indies, Faculty of Medical Sciences, St. Augustine.