Bolívia avança no desenvolvimento de sua BVS Nacional

8 Set 2022
BVS Bolivia

Em 30 de agosto de 2022, em um evento em formato híbrido presencial na Biblioteca Central da Universidad Mayor de San Andrés, em La Paz, Bolívia, e online, foi lançada a BVS Bolívia Nacional.

Participaram do evento as autoridades do Ministério da Saúde e Esportes, como o Diretor de Serviços de Saúde, Igor Pardo, e as autoridades da Universidad Mayor de San Andrés de La Paz, a Vice-Chanceler, Maria Eugenia García, e o secretário acadêmico, Boris Quevedo Calderón; em nome da OPAS/OMS Bolívia, Alfonso Tenório. Representando a BIREME, estiveram presentes virtualmente o Diretor do Departamento de Evidência e Inteligência para Ação em Saúde (EIH/OPAS/OMS) e Diretor Interino da BIREME/OPAS/OMS, Sebastián García, e a gerente de Serviços Cooperativos e Fontes de Produção de Informação, Verónica Abdala. Esteve presente também a Coordenadora Nacional da BVS sediada na UMSA, Marilyn Sánchez, e o corpo acadêmico e administrativo da UMSA, entre outros.

O esforço para desenvolver uma BVS Nacional como guarda-chuva que integre as iniciativas temáticas da BVS desenvolvidas no país, alinha-se ao marco do Decreto Supremo nº 26.553, de 19 de março de 2002, que em seu artigo segundo incorpora como política de estado e prioridade de interesse nacional, o uso e exploração das novas tecnologias de informação e comunicação como meios de aquisição e geração de conhecimento que contribuam para a estratégia boliviana de redução da pobreza e inserção da Bolívia na nova sociedade da informação. Em virtude disso, trabalhou-se no desenvolvimento da Biblioteca Virtual em Saúde Bolívia (BVS Bolívia).

Na cerimônia de lançamento, o secretário acadêmico da UMSA, Boris Quevedo Calderón, comentou que com a BVS “é possível integrar-se com o mundo em geral, particularmente com a América Latina, América Central, parte da Europa, África, etc”, e que : “a biblioteca, seja virtual ou presencial, é o coração de qualquer modelo acadêmico, a gestão da biblioteca é o sangue que corre nas veias de qualquer política acadêmica que possa derivar do modelo que tem como objetivo melhorar gestão acadêmica, investigativa, de interação de inovação universitária”.

Para Alfonso Tenorio, responsável pela Representação do Escritório da OPAS/OMS na Bolívia, “as bibliotecas têm um papel definitivo e fundamental para a formação de profissionais e para o benefício da população em geral”.

Em sua fala, Sebastián enviou a todos os participantes saudações da diretora da OPAS, Dra. Carissa Etienne, que está ciente deste evento, e que atribui grande importância à celebração destes lançamentos que permitem manifestar a importância de acesso à informação na luta por uma melhor saúde e bem-estar das nossas populações.

Sebastián destacou o “papel das bibliotecas virtuais que existem precisamente para que mais pessoas possam ter acesso a evidências, conhecimento e uso da informação para a tomada de decisões informadas, que é parte do papel que desempenhamos na OPAS nesta celebração da transformação digital do setor da saúde e onde, sem dúvida, o acesso à informação também tem um papel central.”

O Diretor Geral de Redes de Serviços de Saúde do Ministério da Saúde e Esportes, Igor Pardo Zapata, comenta que “há o respaldo legal de duas resoluções ministeriais que aprovam a BVS em Saúde Pública e Temática da Bolívia, e ratificam em nome do Ministério o compromisso de se continuar a apoiar esta iniciativa e estreitar os laços com a universidade e outras instituições.”

Verônica Abdala apresentou o Modelo da BVS e o Trabalho de Cooperação Técnica com os países da AL&C e vincula o ato de lançamento à missão da BIREME de que “o acesso à informação e ao conhecimento em tempo hábil pode realmente mudar e qualificar as decisões em saúde e contribuir para a promoção de melhor saúde para toda a população”.

Marilin Sanchez, por sua vez, apresentou o histórico do trabalho realizado na Bolívia desde 2005 com a criação da BVS Saúde Pública e percorreu o portal da BVS Nacional, apresentando as seções que foram estruturadas, além de demonstrar como buscar a informação nas bases de dados da BVS.

Maria Eugenia Garcia Moreno, Vice-Chanceler da UMSA, em suas considerações finais comenta a importância da virtualidade em tempos de pandemia, para o acesso à informação em saúde, onde este tipo de iniciativa como a BVS Nacional da Bolívia é fundamental para levar a informação a todos, e especialmente aos tomadores de decisão.

O Desenvolvimento da BVS Nacional da Bolívia

A partir de 2019, por iniciativa do Centro de Gestão da Informação e do Conhecimento – Biblioteca Central da Universidad Mayor de San Andrés, que é o coordenador da BVS, e do Centro de Documentação do Ministério da Saúde e Esportes da Bolívia, em colaboração com a BIREME e a OPAS, promove-se a reorganização da Rede Boliviana para reativar o desenvolvimento da BVS no país e a criação da BVS Nacional.

Por meio de um plano de ação de cooperação técnica, a equipe da BIREME tem trabalhado com a equipe boliviana no desenvolvimento da BVS desde a reestruturação do portal, da arquitetura da informação, do design gráfico, indo até o fortalecimento da rede de colaboração boliviana desenvolvendo capacidades, realizando reuniões técnicas e treinamentos, atualização de bancos de dados para cadastro e ampliação da visibilidade da produção científica e técnica do país, além de suporte metodológico para utilização de metodologias e suporte técnico para gestão dos sistemas e hospedagem do portal e suas fontes de informação.

A BVS Bolívia está disponível em https://bolivia.bvsalud.org/ (em espanhol) e integra uma rede de intercâmbio de conhecimento e gestão de informação e evidências científicas em saúde, estabelecida por meio da cooperação entre instituições e profissionais da área da saúde. É um site composto por fontes de informação em ciências da saúde para atender às necessidades de informação técnico-científica de profissionais e estudantes da área. Fazem parte da rede cooperativa os ministérios, secretarias, hospitais, institutos, organizações não governamentais, organizações internacionais, universidades públicas e privadas, associações profissionais, sociedades científicas e instituições ligadas ao trabalho em saúde.

 Notícia relacionada

Organización Panamericana de la Salud. Bolivia lanza la Biblioteca Virtual en Salud y pasa a ser parte de la red de bibliotecas especializadas de la región y el mundo. 31 de agosto de 2022. Disponível em: https://www.paho.org/es/noticias/31-8-2022-bolivia-lanza-biblioteca-virtual-salud-pasa-ser-parte-red-bibliotecas