Década do Envelhecimento Saudável nas Américas (2021-2030)

A Década do Envelhecimento Saudável 2021-2030 é a principal estratégia para alcançar e apoiar ações para construir uma sociedade para todas as idades. Ela se baseia em orientações anteriores da Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo a Estratégia Global da OMS sobre Envelhecimento e Saúde, no Plano de Ação Internacional das Nações Unidas para o Envelhecimento e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda das Nações Unidas 2030.

Em maio de 2020, a Assembléia Geral da ONU declarou 2021-2030 a Década para um Envelhecimento Saudável. Esta iniciativa global consistirá de dez anos de colaboração concertada, catalítica e sustentada. Os idosos estarão no centro do plano, que reunirá governos, sociedade civil, agências internacionais, profissionais, academia, mídia e o setor privado para melhorar a vida dos idosos, de suas famílias e comunidades.

As implicações das mudanças demográficas atuais e a transição epidemiológica são cruciais para que as sociedades estejam preparadas para cuidar de uma população envelhecida. Na região das Américas, é ainda mais importante, pois o envelhecimento da população ocorre rapidamente com muitos equívocos. Embora as pessoas vivam mais tempo, isso não significa que elas estejam vivendo saudavelmente e tendo suas necessidades atendidas.

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) está liderando a agenda concertada da Década do Envelhecimento Saudável 2021-2030 nas Américas. Todas as ações incluídas no plano da iniciativa global para a região são relatadas e destacadas nesta página da web.