Amigas da Pessoa Idosa: 32 cidades brasileiras já aderiram à Rede Global

10 Abr 2023
Mesa de autoridades certificação de Curitiba
10 Abr 2023

Brasília, 10 de abril de 2023 – O Brasil conta com 32 cidades certificadas como Amigas da Pessoa Idosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Isso quer dizer que essas localidades se comprometeram a empreender esforços, em seus serviços e estruturas físicas, para serem mais inclusivos e receptivos às necessidades das pessoas idosas. A capital do estado do Paraná, Curitiba, foi o município mais recente a receber o reconhecimento e ser incluída na Rede Global de Cidades e Comunidades Amigas da Pessoa Idosa.

O certificado de Curitiba foi entregue ao prefeito Rafael Greca, na sexta-feira (31/03), pela representante da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e da OMS no Brasil, Socorro Gross, no marco da comemoração do 330º aniversário do município.

“Nós somos pessoas que também nos desenvolvemos, que apoiamos, que também temos na comunidade contribuições muito relevantes, mas para isso temos que ser reconhecidos, mudar estrutura e isso é o que essas cidades, como Curitiba, estão fazendo”, destacou Socorro Gross.

A representante da OPAS e da OMS destacou ainda que esse movimento, no estado do Paraná, começou pelo município de Pato Branco e está sendo fortalecido com a adesão de Curitiba. Além deles, outras 22 cidades já foram certificadas no estado.

“Os membros da Rede participam e compartilham os princípios da abordagem amiga da pessoa idosa da OMS, comprometem-se a criar entornos amigáveis com as pessoas idosas e aceitam participar ativamente da Rede”, concluiu Socorro Gross com a leitura do certificado.

Rede Global da OMS

A Rede Global da OMS de Cidades e Comunidades Amigas das Pessoas Idosas tem por objetivo incentivar a criação de ambientes amigáveis às pessoas idosas e a troca de experiência e apoio entre os municípios que integram a Rede Global. A Rede busca contribuir para que as cidades e comunidades adequem os ambientes onde as pessoas idosas vivem às suas necessidades, ao longo do curso de suas vidas.

 A OPAS, como agência especializada em saúde do Sistema Interamericano e como Escritório Regional para as Américas da OMS, apoia o desenvolvimento e a promoção da Rede Global na Região das Américas, que se tornou a região que mais cresce na Rede.

No total integram a Rede Global aproximadamente 1.500 Membros e cerca de 830 cidades das Américas já aderiram ou estão em processo de adesão à Rede, provenientes dos países: Argentina, Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, México, Peru, Porto Rico, Estados Unidos da América e Uruguai.

No Brasil, com a inclusão de Curitiba são 32 membros:*

Minas Gerais

  • Itabirinha


Paraná

  • Bom Sucesso do Sul
  • Chopinzinho,
  • Dois Vizinhos,
  • Itapejara D’Oeste,
  • Nova Esperança do Sudoeste,
  • Pato Branco,
  • Pérola da Oeste,
  • Realeza,
  • Renascença,
  • Santa Tereza do Oeste,
  • Santo Antônio do Sudoeste,
  • Sulina,
  • Planalto,
  • Salgado Filho,
  • Barracão (ver texto cita Colombo -corrigir)
  • Capanema
  • Capitão Leônidas Marques,
  • Cascavel,
  • Colombo,
  • Enéas Marques,
  • Irati,
  • Prudentópolis
  • Vitorino
  • Curitiba

 
Rio Grande do Sul

  • Pelotas
  • Porto Alegre,
  • Veranópolis
  • Esteio

 
Santa Catarina

  • Balneário Camboriú


São Paulo

  • São Jose do Rio Preto
  • Jaguariúna


* atualização em 6/04/2023

Foto: Valdelino Pontes