• Día Mundial de la Inocuidad de los Alimentos 2021

Dia Mundial da Segurança dos Alimentos 2021: PANAFTOSA impulsa a cooperação técnica da segurança dos alimentos para países da região das Américas

7 jun 2021

O organismo internacional de saúde trabalha fortalecendo seus sistemas de controle de alimentos através de cinco pilares: normas e regulamentos, educação e comunicação, vigilância, inspeção e laboratórios.


Rio de Janeiro, Brasil, 7 de junho de 2021 (PANAFTOSA/SPV-OPAS/OMS) - O tema do Dia Mundial da Segurança dos Alimentos este ano é: “Alimentos seguros agora para um amanhã saudável”. Seu principal objetivo é promover ações que ajudem a prevenir, detectar e gerenciar os riscos transmitidos pelos alimentos.  Este é um dia especial para reconhecer o trabalho dos diferentes atores da cadeia que estão dedicados a garantir uma produção continuada e segura. 

Na América Latina e o Caribe, a Organização Panamericana da Saúde (OPAS), através de suas ações de cooperação técnica em segurança dos alimentos, coordenadas pelo Centro Panamericano de Febre Aftosa e Saúde Pública Veterinária (PANAFTOSA/SPV-OPAS/OMS), está trabalhando com os países da região para fortalecer seus sistemas de controle de alimentos através de seus cinco pilares: normas e regulamentos, educação e comunicação, vigilância, inspeção, e laboratórios.

Estamos no segundo ano da pandemia da Covid-19 e, embora o vírus não seja transmitido pelos alimentos, a pandemia salientou muitos problemas relacionados aos alimentos, como a higiene, a resistência antimicrobiana, as doenças zoonóticas, as mudanças climáticas, e a fraude alimentar. E identificou vulnerabilidades nos sistemas de produção e controle de alimentos, onde a dinâmica das cadeias de abastecimento de alimentos no nível mundial, regional e local é de suma importância para preservar os meios de vida.

A segurança dos alimentos é um componente importante da segurança alimentar e tem um papel fundamental na redução de doenças transmitidas pelos alimentos que acometem, principalmente, as populações mais vulneráveis. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que na região das Américas a cada ano 77 milhões de pessoas sofrem de doenças transmitidas pelos alimentos (DTAs) e mais de 9000 morrem. Do total de pessoas doentes, 31 milhões são crianças menores de 5 anos, dos quais mais de 2000 morrem. As DTAs são preveníveis e todos nós podemos contribuir a evitá-las.

Os alimentos podem ser veículo de doenças se a segurança não for mantida ao longo da cadeia de produção. A ingestão de alimentos contaminados por bactérias, parasitas, contaminantes químicos e biotoxinas podem desencadear um amplo grupo de doenças, de diarreia até câncer. 

As doenças transmitidas pelos alimentos são um grande problema de saúde pública e custam US$ 7.4 milhões anuais em perdas de produtividade para a sociedade, sobrecarregando os sistemas de saúde e reduzindo o desenvolvimento econômico como resultado da perda de confiança no turismo seguro, na produção de alimentos e no sistema de comercialização (Banco Mundial, 2016).

Normas e práticas de segurança dos alimentos devem ser aplicadas ao longo da cadeia alimentar, da produção primária até o transporte, o processamento, a distribuição a venda e o consumo.

O Dia Mundial da Segurança dos Alimentos é una forma importante de:

  • sensibilizar pessoas sobre os problemas de segurança dos alimentos
  • mostrar como prevenir doenças através da segurança dos alimentos
  • debater abordagens colaborativas para melhorar a segurança dos alimentos em todos os sectores
  • promover soluções e formas para melhorar a segurança dos alimentos.

A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou uma resolução em dezembro de 2018 proclamando o Dia Mundial da Segurança dos Alimentos. A partir do ano 2018, cada 7 de junho será um momento para celebrar os benefícios dos alimentos seguros.

A OPAS, através do PANAFTOSA/SPV-OPAS/OMS, convida os países a realizarem atividades para a promoção do dia. 

Página web em três idiomas e material para divulgação em mídias sociais:
Dia Mundial da Segurança dos Alimentos 2021
Mais informações: @panaftosa_inf
Contato com a imprensa: Daniel Salman - salmanjos@paho.org