Migração e saúde nas Américas

A migração tem feito parte da experiência dos países da Região das Américas em vários momentos de sua história, como países de origem, trânsito ou destino. Conflitos sociais e políticos, insegurança alimentar, desastres naturais, mudanças climáticas, degradação ambiental, dificuldades econômicas, violência e outros fatores adversos e questões estruturais impediram as pessoas de construírem meios de subsistência saudáveis e sustentáveis e as obrigaram a buscar melhores condições de vida em outros lugares para si mesmas e suas famílias. Esses fatores adversos e questões estruturais deram origem a uma dinâmica em evolução na migração na Região.