OPAS planta 120 ipês amarelos no Brasil para celebrar 120º aniversário

15 Dez 2022
Plantação de Ipes

Brasília, 15 de dezembro de 2022 - Como parte das comemorações dos seus 120 anos, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) plantou 120 mudas de ipês no entorno do escritório do Brasil, em Brasília (DF). As mudas foram plantadas por autoridades da saúde e pela equipe de colaboradores que atuam no escritório no país.

O Ipê Amarelo foi escolhido para celebrar o aniversário por ser reconhecido como um dos símbolos do Brasil. “O amarelo, que também está na bandeira brasileira, representa a união, a força e a luta. Almejamos que esses ipês plantados hoje, que são de vocês, floresçam. Assim como trabalhamos juntos para que a saúde e o país também possam florescer”, destacou a representante da OPAS e da Organização Mundial da Saúde (OMS) no Brasil, Socorro Gross.

Representando o ministro da Saúde, o secretário executivo adjunto do Ministério, Marcus Vinicius Fernandes Dias, também ressaltou que a escolha do Ipê Amarelo representa toda a diversidade do país. “Eu acho que, nada mais justo para selar a parceria da OPAS com a sociedade brasileira do que plantarmos esses 120 ipês”.

Plantação de Ipes

A plantação ocorreu um pouco antes do início da 12ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Tripartite (CIT). Em sua fala na abertura, o diretor adjunto do departamento de Gestão Interfederativa e Participativa (DGIP/SE) do Ministério da Saúde, Nivaldo Moura Filho, ressaltou a importância da simbologia do ato. “Quando plantamos uma árvore, estamos colocando raízes ali. Exatamente o que nós estamos fazendo [reunidos] aqui, OPAS, Ministério da Saúde e todo o sistema junto”.  

Também fizeram parte da celebração, o presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Wilames Freire e a diretoria da entidade; o presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto; o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Nésio Fernandes acompanhado da diretoria; entre outras autoridades.