Cooperação técnica: BIREME e CGDI se reúnem para discutir resultados e perspectivas

23 Jan 2023
Resultados y perspectivas TC95
23 Jan 2023

23 de janeiro de 2023 — Nos dias 15 e 16 de dezembro de 2022, foi realizada reunião sobre os resultados de 2022 do TA6 e TA9 ao Termo de Cooperação 95, entre a OPAS/OMS Brasil, por meio da BIREME e o Ministério da Saúde. Ademais, os resultados do corrente ano do TA4/TC93 também foram compartilhados. A reunião foi coordenada pelo Diretor da BIREME, João Paulo Souza, que contou com o apoio da equipe da BIREME e com a presença da Coordenadora Geral de Documentação e Informação (CGDI), Shirlei Rodrigues, e Sandra Cristina Teixeira, responsável pela Disseminação de Informação Técnico-Científica em Saúde, ambas vinculadas à Secretaria de Assuntos Administrativos da Secretaria Executiva do Ministério da Saúde do Brasil (SAA/SE/MS).

João Paulo Souza abriu a reunião, dando as boas-vindas aos participantes e destacando os resultados obtidos pelas equipes técnicas, que se encontram detalhados em informe técnico. A seguir, Shirlei Rodrigues mencionou a cooperação de longa data com a BIREME, que permite levar a informação científica e técnica veiculada por meio da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), a LILACS, e em especial a Rede BiblioSUS a profissionais de saúde, pesquisadores, estudantes e à sociedade em geral.

A seguir, de acordo com a agenda, foram realizadas as apresentações das áreas técnicas e administrativa sobre os resultados de 2022, que se referem às duas macroatividades deste Termo de Cooperação: (1) Promover o uso da informação com acesso aberto e de evidências técnico-científicas no âmbito do SUS, e (2) Fortalecer a gestão e a difusão da Biblioteca Virtual em Saúde no Brasil, com ênfase no segundo semestre, que se encontram detalhados no informe a ser encaminhado à CGDI.

No segundo dia da reunião, foram apresentados os resultados do primeiro ano do TA4/TC93, que se referem ao desenvolvimento da BVS Saúde Indígena. Na ocasião, o consultor da BIREME para este tema, Robson Santos da Silva e o especialista da SESAI/MS, Emmanuel Bohrer Júnior, uniram-se virtualmente à reunião. A equipe da BIREME relatou os avanços ao projeto após a visita técnica a aldeias indígenas e à coordenação central do Distrito Especial de Saúde Indígena (DSEI) de Cuiabá, no estado de Mato Grosso, em agosto passado. Um dos resultados desta visita foi a identificação das condições de saúde que mais afetam as populações indígenas e na identificação da efetividade de materiais de comunicação e informação com as comunidades.

As equipes da BIREME e da CGDI, sob a coordenação de João Paulo Souza, tiveram, ao final da reunião, oportunidade para discutir as perspectivas de trabalho e prioridades dos Termos de Cooperação para 2023, que serão formalizadas no Plano de Trabalho Anual do TA9/TC95 e TA4/TC93.