OPAS compartilha experiências no enfrentamento à COVID-19 no estado de Pernambuco

30 jun 2021
Equipe de especialistas da OPAS já esteve nos municípios de Recife, Gravatá e Vitória de Santo Antão

Equipe de especialistas já esteve nos municípios de Recife, Gravatá e Vitória de Santo Antão

Brasília, 30 de junho de 2021 – A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) tem promovido o intercâmbio de experiências no enfrentamento à COVID-19 entre o Brasil e outros países e entre os próprios estados e municípios brasileiros, inclusive com missões de campo a essas localidades, para qualificar protocolos de atenção com base nas estratégias e descobertas mais atualizadas.

Nesta semana, a equipe está no estado de Pernambuco, atuando em parceria com as autoridades locais. Trata-se de uma missão conjunta entre o Ministério da Saúde do Brasil, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e a OPAS. Somente em 2021, a OPAS já realizou esta atividade nos estados do Maranhão, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte. 

Em Pernambuco, a Organização Pan-Americana da Saúde esteve nos municípios de Recife, Gravatá, Petrolina e Vitória de Santo Antão. Todas as localidades são indicadas pelas autoridades estaduais de saúde.

A análise é dividida em três eixos: 1) vigilância (abrangendo implementação dos protocolos, investigação e rastreamento de pessoas possivelmente infectadas); 2) atenção à saúde (unidade de atenção primária, de urgência e emergência e hospitais de referência e campanha); e 3) comunicação de risco.

Após visitar os serviços de saúde locais, a equipe revisará as boas práticas para produção de relatório final onde serão apontadas as ações efetivas implementadas pelo estado no enfrentamento da pandemia e lições aprendidas.