Brasília, 01 de julho de 2015 – A Representação da OPAS/OMS no Brasil recebe os assessores técnicos do Departamento de Sistemas de Saúde da OPAS/OMS de todos os países da Região das Américas, durante o período de 29 de junho a 01 de julho. Na ocasião foi discutida a implementação da Estratégia para o Acesso Universal à Saúde e Cobertura Universal de Saúde,  aprovada  pelos países das Américas no 53º Conselho Diretivo da OPAS, realizado em Washington em outubro de 2014.

“O Brasil contribuiu de forma contundente em colocar o tema Acesso Universal à Saúde como objetivo estratégico no documento, assumindo a Saúde como Direito”, ressaltou a secretária de Assistência à Saúde, Lumena Furtado, na abertura do encontro.

Participaram consultores de pelo menos 25 escritórios da OPAS na Região das Américas, que são pontos focais do Departamento de Sistemas e Serviços da OPAS em Washington. “É com muita satisfação que recebemos nossos pares aqui para discutirmos o fortalecimento da cooperação técnica prestada aos governos nacionais”, ressaltou o representante da OPAS/OMS no Brasil, Joaquín Molina. “Este documento reúne contribuições da consulta nacional aberta pela OPAS, onde participaram 1.500 pessoas e entidades, configurando um conjunto de orientações aprovado por todos os países das Américas”, explicou o diretor do departamento de Sistemas e Serviços de Saúde Opas (HSS), James Fitzgerald.

Durante a reunião foram apresentadas experiências dos países na organização das redes integradas de serviços baseadas na Atenção Primária à Saúde; a estratégia do Programa Brasileiro Mais Médicos; uma reflexão da cooperação técnica prestada pela OPAS em Recursos Humanos; discussão sobre o fortalecimento da gestão e governança dos sistemas de saúde, financiamento da saúde e incorporação de tecnologias e medicamentos pelos sistemas de saúde, entre outros pontos.