091020 migracao9 de outubro de 2020 – Mais de 70 milhões de migrantes que vivem na Região das Américas devem se beneficiar de um acordo conjunto assinado nesta sexta-feira (9) por Carissa F. Etienne, diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e António Vitorino, diretor-geral da Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Leia mais...

051020 saude mental5 de outubro de 2020 - A pandemia de COVID-19 interrompeu serviços essenciais de saúde mental em 93% dos países em todo o mundo, enquanto a demanda por saúde mental está aumentando, de acordo com uma nova pesquisa da OMS. A pesquisa com 130 países fornece os primeiros dados globais que mostram o impacto devastador da pandemia no acesso aos serviços de saúde mental e ressalta a urgente necessidade de mais financiamento.

Leia mais...

01102020 saude mental oms final1 de outubro de 2020 – No Dia Mundial da Saúde Mental, celebrado em 10 de outubro, líderes mundiais, celebridades reconhecidas internacionalmente e defensores da saúde mental se reunirão para o grande evento da Organização Mundial da Saúde para a saúde mental. Este é primeiro evento virtual de advocacy da OMS para o tema e terá foco na necessidade urgente de abordar o subfinanciamento crônico do mundo em saúde mental - um problema colocado em destaque durante a pandemia de COVID-19.

Leia mais...

230920 dcnt covid1923 de setembro de 2020 – Preocupados com os efeitos da pandemia de COVID-19 sobre as pessoas que vivem com doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), as agências que fazem parte do Grupo de Trabalho Interamericano alertaram sobre as consequências caso os países não intervenham para melhorar os programas de prevenção e controle e se comprometam a trabalhar conjuntamente no tema.

Leia mais...

220920 tabaco parar de fumar22 de setembro de 2020 – A cada ano, 1,9 milhão de pessoas morrem por doenças cardíacas causadas pelo tabaco, segundo novo comunicado divulgado nesta terça-feira (22), às vésperas do Dia Mundial do Coração (29 de setembro), pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Federação Mundial do Coração e Universidade de Newcastle na Austrália.

Leia mais...

Subcategorias

A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) tem apoiado diversas ações para melhorar a segurança do trânsito no Brasil.

seguranca transito pagina

O projeto “Vida no Trânsito”, implantado em sua fase piloto de 2010 a 2014, foi a denominação no país do Projeto “Bloomberg Philantropies – Global Road Safety Partnership”, voltado à redução das mortes e lesões causadas no trânsito em 10 países, com o financiamento da Fundação Bloomberg e coordenação global da OMS e suas agências regionais. No Brasil, o “Vida no Trânsito”, que também contou com apoio do Governo Federal, foi desenvolvido entre 2010 e 2014 em cinco capitais – Belo Horizonte, Campo Grande, Curitiba, Palmas e Teresina. Posteriormente, tornou-se uma política nacional.

Também com a colaboração da OPAS/OMS o país reuniu em Brasília, em 2015, delegados de mais de 100 países para avaliar o progresso das ações voltadas à segurança viária em todo o mundo e discutir maneiras de reduzir pela metade as mortes no trânsito até o final desta década, que é um dos objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. O evento resultou na Declaração de Brasília, que teve forte influência da Agenda 2030 e destacou, entre outros pontos, a indissociabilidade das políticas de transportes e o trânsito no escopo amplo da mobilidade urbana.

Estima-se que, a cada ano, mais de um milhão de pessoas morrem em acidentes de trânsito e até 50 milhões sobrevivem com lesões e sequelas, resultando em custos pessoais, sociais e econômicos. As lesões e mortes no trânsito – que são previsíveis e evitáveis em sua grande maioria – passaram a ocupar espaço mais significativo na agenda global de saúde a partir dos anos 2000.

Principais dados sobre acidentes de trânsito no mundo

• Cerca de 1,25 milhões de pessoas morrem a cada ano em acidentes de trânsito
• Acidentes de trânsito são a principal causa de morte entre os jovens com idade ente 15 e 29 anos
• 90% das mortes nas vias públicas, a nível mundial, ocorrem em países de baixa e média renda, mesmo que esses países possuam cerca de metade dos veículos do mundo
• Metade das pessoas que morrem nas vias no mundo são usuários mais vulneráveis das vias: pedestres, ciclistas e motociclistas
• Se não houver ação, os acidentes de trânsito devem se tornar a 7ª principal causa de mortes em 2030
• A Agenda para o Desenvolvimento Sustentável 2030 determinou um objetivo de segurança no trânsito: reduzir para metade o número global de mortes e lesões causadas por acidentes de trânsito até 2020

  • seguranca transito pagina 5 ods

Confira as principais ações de mobilidade segura e sustentável/segurança no trânsito

• Cooperação para implementação das recomendações da OPAS/OMS relativas à Mobilidade Segura e Sustentável/Segurança no Trânsito; Segurança no Trânsito e Saúde; Melhora na Segurança no Trânsito Global; Plano de Ação de Segurança no Trânsito para as Américas;
• Promoção e apoio a projetos, programas e outras iniciativas relacionadas à redução da morbimortalidade por acidentes de trânsito;
• Fomento às ações intersetoriais voltadas à segurança no trânsito;
• Apoio na qualificação da informação sobre a morbimortalidade no trânsito;
• Apoio à qualificação de profissionais de diversos setores no tema da redução da morbimortalidade no trânsito;
• Orientação para o desenvolvimento de ações de educação para o trânsito e desenvolvimento de campanhas preventivas;
• Desenvolvimento de ações voltadas à sensibilização/treinamento de profissionais de comunicação no tema segurança no trânsito;
• Articulação e intercâmbio com os diversos setores e atores nacionais, regionais e globais que tratam do tema Mobilidade/Segurança Viária, no âmbito da cooperação sul-sul;
• Coordenação de projetos de cooperação técnica em Segurança no Trânsito;
• Sistematização e produção de conhecimentos, dando visibilidade a experiências inovadoras e exitosas em Segurança no Trânsito.