OPAS lidera a preparação de planos nacionais para gestão de resíduos sólidos relacionados à COVID-19 em 16 países

28 Fev 2023
Reunión Taller Regional de Gestion de Residuos en Panama
28 Fev 2023

A pandemia de COVID-19 tem levado ao aumento de resíduos de saúde e seus impactos ambientais na região, à medida que os esforços para proteger o pessoal de saúde e a população em geral continuam.

Cidade do Panamá, 28 de fevereiro de 2023 (OPAS/OMS). A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e o Global Affairs Canada (GAC) dão início hoje ao Workshop Regional sobre Gestão de Resíduos no Contexto da COVID-19 e outras Doenças Emergentes e Reemergentes na América Latina e no Caribe, na cidade do Panamá.

No encontro, que vai até 3 de março, participam 16 países e 1 território da região. O objetivo é fornecer treinamento e apoio aos oficiais designados pelos Ministérios da Saúde e Meio Ambiente, na elaboração de planos nacionais para o gerenciamento integrado de resíduos sólidos.

Esses documentos serão formulados com base nos resultados da pesquisa "Avaliação do impacto na saúde ambiental da cadeia de suprimentos de vacinas da COVID-19, com foco no gerenciamento de resíduos em estabelecimentos de saúde" em 2022. Além disso, eles incluirão ações para melhorar a infraestrutura e os serviços ambientais básicos nos centros de saúde, bem como para reduzir a pegada de carbono e o impacto ambiental.

O foco deste projeto concentrou-se nos aspectos de gerenciamento de resíduos considerados na cadeia de suprimentos da gestão ecológica e sustentável (OMS 2021), buscando identificar o estado atual da gestão de resíduos de saúde com referência ao quadro de gestão da pandemia de COVID-19. "Com a colaboração dos pontos focais nacionais da OPAS, bem como do pessoal dos Ministérios da Saúde e do Meio Ambiente de cada país, foram coletados dados sobre os processos de gestão de resíduos hospitalares em cada local", explicou o Dr. Francisco Sánchez, Assessor Regional de Saúde, Meio Ambiente e Mudanças Climáticas.

Durante a abertura, a Dra. Leah Richards, Representante da OPAS no Panamá, destacou a importância da participação de países das três sub-regiões das Américas neste workshop, já que a gestão de resíduos é um problema relevante para a cooperação. Ela também destacou que é crucial continuar aprimorando os processos de gestão de resíduos em nossos países, e no Panamá, as ações podem ser apoiadas por meio do trabalho desenvolvido durante este workshop.

O workshop incluirá atividades de diálogo focadas na formulação de planos nacionais com os pontos focais dos países que responderam à pesquisa e a colaboração de especialistas da OPAS. Os impactos da má gestão de resíduos e das mudanças climáticas são sentidos especialmente em comunidades vulneráveis e carentes de recursos, que carecem de fornecimento de água e saneamento seguros e resilientes e têm atendimento médico de baixa qualidade.

Esta atividade contribuirá para o desafio das 120 cidades limpas, saudáveis e sustentáveis que a OPÄS estabeleceu em comemoração aos seus 120 anos, o qual busca melhorar questões ambientais nessas cidades, incluindo a redução da poluição, riscos associados à qualidade da água, mudanças climáticas e impactos da gestão inadequada de resíduos", afirmou o Dr. Daniel Buss, Chefe da Unidade de Mudanças Climáticas e Determinantes Ambientais da Saúde (CDE/CE).