Todos os anos, em 14 de junho, países de todo o mundo celebram o Dia Mundial do Doador de Sangue. A data tem como objetivo aumentar a conscientização sobre a necessidade de sangue e seus derivados seguros, além de agradecer aos doadores por sua iniciativa, que pode salvar vidas.

O sangue é um recurso importante tanto para tratamentos planejados como para intervenções urgentes. Ele ajuda os pacientes que sofrem de doenças crônicas graves a viver por mais tempo e com mais qualidade, além de servir de apoio para procedimentos médicos e cirúrgicos complexos. O sangue também é vital para tratar feridos durante emergências (como desastres naturais, acidentes e conflitos armados) e carrega uma função essencial na assistência materna e perinatal. 

Um serviço de transfusão que ofereça aos pacientes acesso ao sangue e seus derivados seguros em quantidades suficientes é um componente fundamental de todo sistema de saúde eficaz. Para garantir a disponibilidade de estoques seguros, é necessário impulsionar a coordenação nacional dos serviços de sangue a partir de doações voluntárias não remuneradas. No entanto, em muitos países, os serviços de sangue têm dificuldade para conseguir estoques suficientes e garantir, ao mesmo tempo, sua qualidade e segurança. 


Foco da campanha de 2017 

sangue campanha2017

A cada ano, a vida e a saúde de milhões de pessoas são afetadas por emergências. Na última década, os desastres levaram a mais de um milhão de mortes. Além disso, mais de 250 milhões de pessoas são atingidas por emergências todos os anos. Desastres naturais como terremotos, inundações e tempestades geram consideráveis necessidades emergenciais de assistência à saúde; ao mesmo tempo, em geral, também, destroem instalações de saúde vitais. Os desastres ocasionados pelo homem, como os acidentes de trânsito e os conflitos armados, também geram exigências substanciais de assistência à saúde e a necessidade de tratamento de primeira linha. 

As transfusões de sangue são um componente essencial da assistência à saúde em situações de emergência. Nessas emergências, a demanda por transfusões aumenta e torna o fornecimento de sangue mais difícil e complexo. A provisão adequada de sangue durante as emergências requer um serviço de sangue bem organizado, o que somente pode ser garantido com o engajamento de toda a comunidade e uma população de doadores de sangue comprometida com a doação não remunerada e voluntária ao longo do ano. 

A campanha deste ano, portanto, tem foco na doação de sangue em situações de emergência. Em qualquer crise ou situação emergencial, a resposta humana natural é “O que pode ser feito? Como posso ajudar?”. Por isso, o slogan para a campanha de 2017 é: 

“O que você pode fazer?”, “Doar sangue. Doar agora. Doar regularmente”. 

A campanha enfatiza o papel que cada pessoa exerceria ajudando aos outros em situações de emergência por meio da doação deste material tão valioso que é o sangue. Centra-se, também, na importância de doar sangue regularmente, para que a reserva sanguínea seja suficiente antes que haja uma emergência. 

Objetivos da campanha de 2017 

  • Encorajar todas as pessoas a doarem sangue para que os serviços de saúde de suas comunidades estejam preparados para uma situação de emergência; 
  • Engajar as autoridades no estabelecimento de programas nacionais eficazes de doadores de sangue, capazes de responderem prontamente ao aumento da demanda por sangue durante as emergências; 
  • Promover a inclusão dos serviços de sangue em atividades nacionais de preparação e resposta às situações de emergência; 
  • Sensibilizar amplamente a população sobre a necessidade de se comprometer a doar sangue durante todo o ano, a fim de manter reservas adequadas e alcançar autossuficiência nacional;
  • Celebrar e agradecer os indivíduos que doam sangue de forma regular e incentivar os jovens a se tornarem novos doadores; 
  • Promover a colaboração internacional e assegurar a divulgação e o consenso a nível mundial sobre os princípios da doação voluntária não remunerada, aumentando simultaneamente a segurança e a disponibilidade de sangue. 

Clique aqui para acessar o material de comunicação da campanha.

País-sede do evento em celebração ao Dia Mundial do Doador de Sangue 

O país-sede do evento para comemorar o Dia Mundial do Doador de Sangue deste ano é o Vietnã, por meio de seu Instituto Nacional de Hematologia e Transfusão de Sangue (NIHBT, sigla em inglês). O evento global será realizado em Hanói, no dia 14 de junho.

Na Região das Américas, a sede da celebração será o Organismo Andino de Saúde - Convênio Hipolito Unanue, na cidade de Lima (Peru). Será a primeira vez que a celebração desse dia é organizada conjuntamente com um mecanismo de integração sub-regional. Com esse gesto, reconhece-se o esforço feito nos últimos anos pelos países que integram a Sub-região Andina ao constituir e aprovar a criação da Comissão Sub-regional Andina de Sangue Seguro, além de ter aprovado o Plano Sub-regional Andino de Acesso Universal a Sangue Seguro 2016-2020, por meio de resolução na REMSAA Extraordinária XXIX, em 2 de dezembro de 2015.