Priorizar e melhorar a saúde de crianças e adolescentes nas Américas com foco na equidade: diretor da OPAS

17 Nov 2023
Meninos na água

Washington, DC, 17 de novembro de 2023 (OPAS) - Após o impacto da pandemia da COVID-19 nas Américas, é necessário priorizar e melhorar a saúde de crianças e adolescentes nos países da região, afirmou o diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Jarbas Barbosa, enfatizando a importância de manter o foco na equidade nesses esforços.

"Ainda nos deparamos com o fato de que, 13 em cada mil crianças nascidas nas Américas, morrem antes de completar cinco anos, com disparidades significativas entre os países e dentro deles. Além disso, quase 4 em cada 100 adolescentes de 15 a 19 anos deram à luz no último ano em nossa região. Esses números não são meras estatísticas; são chamados urgentes à ação", enfatizou Jarbas Barbosa durante sua intervenção no webinar regional da Série Lancet sobre "Otimização da Saúde e do Desenvolvimento da Criança e do Adolescente".

A reunião virtual organizada pela OPAS permitiu divulgar e discutir as conclusões e recomendações apresentadas na Lancet Séries 2022 sobre a otimização da saúde e do desenvolvimento de crianças e adolescentes. Também abordou a importância de modelar as trajetórias de saúde durante os primeiros 20 anos de vida, com o objetivo de melhorar os resultados de saúde e o bem-estar geral da população.

"O investimento nas duas primeiras décadas de vida representa uma oportunidade significativa para o desenvolvimento humano. Os primeiros anos representam um estágio crucial no desenvolvimento de habilidades sociais e emocionais e é quando o cérebro humano experimenta sua maior taxa de crescimento e plasticidade", enfatizou o diretor da OPAS.

Nesse sentido, ele ressaltou que as trajetórias de saúde e desenvolvimento que moldam a vida futura podem ser moldadas durante esse período, enfatizando a necessidade de "maior investimento em sistemas de saúde baseados na atenção primária que priorizem e contribuam ativamente para os resultados de saúde nessa fase crucial".

Ao concluir suas observações, Jarbas Barbosa pediu um comprometimento reforçado com a saúde e o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes para garantir "que sua jornada não seja apenas de sobrevivência, mas que eles tenham a oportunidade de prosperar e alcançar seu pleno potencial de desenvolvimento".

Acadêmicos e especialistas em saúde da Johns Hopkins School of Public Health (Estados Unidos), do Centro Internacional de Equidade em Saúde da Universidade Federal de Pelotas (Brasil), da Harvard TH Chan School of Public Health (Estados Unidos) e do Hospital for Sick Children em Toronto (Canadá) também participaram do webinar.