A Rede de Referencistas (RefNet), coordenada pela BIREME, é resultado de uma atividade no contexto do Termo de Cooperação 95 (TC95) com o Ministério da Saúde do Brasil e a Organização Pan-Americana da Saúde, mais precisamente na atividade que visa o apoio aos gestores, pesquisadores, e profissionais da saúde na elaboração de estratégias de busca complexas para subsidiar processos de formulação de políticas e decisões em saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde do Brasil (SUS).

Esta rede consiste em um grupo de bibliotecários de universidades, hospitais e centros de pesquisa, especialistas na elaboração de estratégias de busca para a recuperação de informação e evidências científicas, de forma eficiente, nas principais fontes de informação em saúde como as bases de dados LILACS/BVS, MEDLINE/PubMed, Cochrane, EMBASE e etc.

referencistas pagweb

A mineração da informação nas bases de dados, por meio da estratégia de busca é apresentada com uma estrutura organizada que combina termos livres, palavras chave e descritores de assunto, utilizando recursos disponíveis nas fontes de informação com o objetivo de filtrar de forma precisa a informação disponível, promovendo agilidade tanto para as decisões em saúde quanto para o desenvolvimento de estudos, por exemplo, as revisões sistemáticas, dentre outros. A Rede atualmente conta com bibliotecários do Brasil, com planos de expansão para outros países da América Latina e Caribe no segundo semestre deste ano.

Um produto gerado a partir dessa rede é o Repositório de Estratégias de Busca da Biblioteca Virtual em Saúde – RefNet, que tem por objetivo armazenar, preservar, organizar e disseminar amplamente a produção intelectual dos Referencistas ao permitir que estes filtros sejam aperfeiçoados, atualizados e reutilizados para diversos fins, promovendo a recuperação rápida da informação ou gerando novas pesquisas a partir da combinação dos filtros disponíveis com diversos temas em saúde.

No último dia 25 de março tivemos mais um encontro da Rede de Referencistas da Biblioteca Virtual em Saúde trazendo à tona o tema Recuperação de informação científica e técnica sobre o novo Coronavírus e doença que provoca, a COVID-19. No intuito de atender de forma emergencial a demanda de informação no tema, no mês de abril, as bibliotecárias da BIREME Rosemeire Pinto e Elisabeth Biruel, com a colaboração da bibliotecária, Camila Belo da Rede de Referencistas, promoveram um encontro virtual incluindo dois profissionais da saúde vinculados a pesquisa clínica, três médicos, um enfermeiro e uma bibliotecária, no intuito de ouvir algumas demandas destes profissionais e explorar o potencial da rede para dar respostas à estas demandas emergentes e estreitar os caminhos para as decisões e a pesquisa em saúde.

Segundo alguns profissionais fica notória a relevância da Rede, apontando que estamos no caminho certo. O pesquisador, docente da Universidade Estadual Paulista (UNESP) e especialista em Fisioterapia Cardiorrespiratória Vinicius Tassoni Civile, destaca que alguns processos do desenvolvimento de revisão sistemática já estão consolidados entre os pesquisadores, mas alguns filtros não são do domínio de todos os pesquisadores, o que reflete diretamente, segundo ele, na importância da participação dos bibliotecários especialistas em pesquisa, que demonstram uma maestria na elaboração das estratégias de busca, o que no caso emergencial da COVID-19 foi fundamental para que a publicação seja em tempo recorde.

Sobre a importância de filtros de pesquisa confiáveis, o pesquisador Nelson Carvas Junior, mestre em Ciências da Saúde e Doutorando em Saúde Baseada em Evidências na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) comenta: “Não sei se já existe, a disponibilidade de estratégias de busca bastante efetivas e bastante claras para que todos da população consigam ter acesso e fazer a sua própria busca. Em alguns países do mundo (…) a própria população tem o costume de ler as revisões sistemáticas para a sua tomada de decisão, não são só os médicos”.

“A oportunidade de ouvir dos pesquisadores e profissionais da saúde envolvidos na produção técnico-científica sobre a pandemia foi motivadora e nos deixa um grande desafio de engajamento no processo de busca de evidências para as pesquisas cada vez mais aceleradas. A busca pela qualidade da produção científica, o desejo de combate às fake news e a aproximação de nosso serviço de informação à população das periferias nos país acende uma luz para nosso papel de mediadores de informação de qualidade sobre a COVID-19. Temos uma grande jornada e nossos pesquisadores que estão com grandes demandas de enfrentamento da doença e seus impactos precisam do nosso trabalho em rede”, destaca Camila Belo, bibliotecária estrategista da Rede RefNet.

refer pt

Atualmente, a Rede tem trabalhado fortemente no desenvolvimento de filtros de busca em temas associados ao novo Coronavírus e a COVID-19 nas diferentes fontes de informação. Os filtros estão disponíveis no Repositório de Estratégias de Busca  abordando os aspectos de tratamento, prevenção e controle, saúde mental entre outros. Com uma simples pesquisa com o termo ‘COVID-19’ é possível acessar todos os filtros disponíveis no tema.

Tivemos ainda o lançamento do serviço ‘Pergunte ao Bibliotecário’, em sua fase piloto, disponível apenas na Vitrine do Conhecimento sobre Coronavirus-COVID-19 para auxiliar profissionais de saúde e pesquisadores a localizar informação científica, disponível sobre este tema. Estamos aceitando adesões à rede e contribuições de filtros desenvolvidos para as diferentes bases de dados, que possam auxiliar os pesquisadores e os profissionais de saúde a encontrar a informação de forma eficiente. Saiba mais sobre como você pode contribuir na página da Rede BVS sobre a Refnet.