Nota de falecimento da Diretora Emérita da OPAS, Dra. Carissa F. Etienne

1 Dez 2023
PAHO Director Emeritus, Dr. Carissa F. Etienne
1 Dez 2023

1 de dezembro de 2023 (OPAS) - É com grande pesar que a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) informa o falecimento da diretora Emérita, Dra. Carissa F. Etienne.

Natural da Dominica, Carissa Etienne atuou como diretora da OPAS e diretora Regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para as Américas de fevereiro de 2013 a janeiro de 2023.

"Carissa era uma querida amiga e colega e, sob sua liderança e orientação constantes, a OPAS alcançou marcos significativos para a região das Américas enquanto enfrentava um de nossos maiores desafios de saúde pública com a COVID-19", disse o diretor da OPAS, Jarbas Barbosa. "Estou muito triste com seu falecimento e meus pensamentos estão com sua família, amigos e todos nós da OPAS que nos preocupamos profundamente com ela".

Durante o mandato de Carissa Etienne, a OPAS liderou a resposta à pandemia sem precedentes de COVID-19 na região das Américas, bem como os esforços para controlar as epidemias de Zika e chikungunya e os surtos de cólera e febre amarela no Haiti e no Brasil, melhorando significativamente a resposta da Organização a emergências e desastres em 48 horas.

Sob sua liderança, as Américas eliminaram a transmissão endêmica do sarampo, da rubéola e da síndrome da rubéola congênita e fizeram avanços consideráveis na prevenção e no controle de doenças não transmissíveis. Os mecanismos legislativos e regulatórios ganharam força, pois os países promulgaram legislação sobre a rotulagem de produtos alimentícios e introduziram impostos sobre bebidas adoçadas com açúcar.

Também foram feitos avanços no fortalecimento dos sistemas nacionais de saúde e no progresso em direção à saúde universal. Nos últimos cinco anos do mandato de Carissa Etienne os partos realizados por parteiras qualificadas aumentaram de 95% para quase 100% e, pela primeira vez, a Região das Américas atingiu a meta recomendada de 25 médicos e enfermeiros para cada 10 mil pessoas.

Antes de se tornar diretora da OPAS, de março de 2008 a novembro de 2012, a Carissa Etienne atuou como diretora geral adjunta de Sistemas e Serviços de Saúde na Organização Mundial da Saúde (OMS) em Genebra, Suíça. Antes disso, ela atuou como diretora assistente da Repartição Sanitária Pan-Americana de julho de 2003 a fevereiro de 2008, onde liderou cinco áreas técnicas: Sistemas e Serviços de Saúde; Tecnologia, Assistência à Saúde e Pesquisa; Vigilância Sanitária e Gestão de Doenças; Saúde Familiar e Comunitária; e Desenvolvimento Sustentável e Saúde Ambiental.

Durante seu mandato na OMS e na OPAS, Carissa Etienne dirigiu esforços para renovar e fortalecer os sistemas de saúde com base na atenção primária à saúde. Ela também liderou políticas para reduzir as desigualdades na saúde, aumentar o atendimento centrado nas pessoas e integrar a saúde em políticas públicas mais amplas.

"Perdemos uma grande campeã da saúde pública", disse Jarbas Barbosa. "A inestimável experiência de Carissa Etienne fará muita falta nas discussões sobre saúde global para melhorar a vida das pessoas, e para garantir uma melhor preparação para emergências de saúde global."

Carissa Etienne iniciou sua carreira em sua terra natal, Dominica, como médica no Princess Margaret Hospital e, mais tarde, foi nomeada diretora médica do país. Ela também atuou em outros cargos de alto nível na Dominica, inclusive como diretora de Serviços de Atenção Primária à Saúde, coordenadora do Programa Nacional de AIDS, coordenadora de Desastres do Ministério da Saúde e presidente do Conselho Consultivo Nacional para HIV/AIDS.

A diretora Emérita da OPAS recebeu seu diploma de medicina (Bacharelado em Medicina e Bacharelado em Cirurgia-MBBS) da University of the West Indies, Jamaica, e seu Mestrado em Saúde Comunitária em Países em Desenvolvimento da London School of Hygiene and Tropical Medicine, Universidade de Londres.